A psicose da ”igualdade” continua na sua luta incansável contra a natureza da diversidade cognitiva humana

Me deparei com um texto recente falando sobre aquilo que eu tenho alertado muitas vezes aqui, a sobreposição entre as chamadas ”dificuldades de aprendizagem” e a superdotação. Mas ao invés de esperarmos que os professores e psicólogos desenvolvessem maneiras sábias, isto é, realmente inteligentes, para lidar com a situação, ”eles” apenas estão a repetir e a aplicar o mantra da igualdade por meio da (tentativa de) uniformização do aprendizado. E se não bastassem todas as técnicas fracassadas de superficialização em prol da ”igualdade”, agora também estão a usar meios farmacológicos para destroçar a realidade da diversidade cognitiva, retalhando mentes juvenis, com graves riscos a sua saúde mental e intelectual.

”Se é tão inteligente então por que ele não pode ”aprender no mesmo nível que os outros de sua classe (cognitiva)”***

Eu sou um exemplo de alguém que poderia entrar na roupa psiquiátrica ”dificuldades de aprendizagem”. Eu já comentei diversas vezes aqui sobre o meu perfil cognitivo. Se tivesse nascido nos EUA ou na Austrália, talvez já tivessem me forçado em tenra idade a tomar ritalina. Por pouco que não conseguiram me viciar em anti-depressivos. Eu também já comentei sobre a minha superdotação, minhas forças e fraquezas e sei que o meu déficit em alguns aspectos do intelecto não podem ser naturalmente equilibrados em relação as minhas qualidades intelectuais. E nem é o certo a se fazer. Eu nasci assim e devo enfatizar pelo meu princípio (filosófico-naturalista) de auto conservação, minha destreza natural, bio-cognitiva.

As pessoas são diferentes em diversos aspectos e sim, elas também são cognitivamente diversas … como não haveria de ser diferente.

A diversidade não se dá apenas pela quantidade ou nível quantitativo (unilateralmente enviezada em apetrechos escolásticos) mas também em termos qualitativos e como é o costume de se dizer, a qualidade é muito mais importante que a quantidade.

No entanto, as duas demencias coletivas (em média, é claro) que estão mais laboralmente”familiarizadas” com esta realidade, são justamente aquelas que parecem saber menos sobre esta constatação meio óbvia visto que continuam a empurrar para milhões de jovens, as suas respectivas ignorancias (porque parece que não sabem o básico do básico sobre comportamento humano e aplicam este conhecimento ínfimo como se representasse o todo de sua área de estudo) quanto a inteligencia humana.

 

”Reparação especialista”

 

Neste texto eu encontrei um trecho em que se diz que as crianças que são superdotadas e que apresentam ”dificuldades de aprendizagem” em relação ao currículo escolar (ou seja, uma dificuldade contextual), devem passar por uma”reparação” de um especialista. Isso parece significar que devem ser conformadas a simetria (impossível para boa parte dos estudantes) de resultados escolares.

Mas forçar alguém a tentar melhorar a sua ”fraqueza”, se constitui em uma espécie de sofrimento intelectual induzido. Eh como forçar uma galinha a voar ou uma girafa a correr tão veloz quanto um leopardo. Eh vil e muito estúpido.

A escola e sua doutrina antiquada que é baseada em factóides politicamente motivados, é mais importante que as motivações e o real potencial do ser humano que está sendo tratado, muitas vezes de maneira injusta, como alguém com ”dificuldades de aprendizagem”, que precisa de reparações, precisa ”ser como as outras crianças”…

Em que planeta que esses ”educadores” e ”especialistas” estão vivendo hein***

A maioria das outras crianças de uma escola pública qualquer de uma cidade qualquer de um país remediado qualquer como o Brasil, não serão exemplos perfeitos de ”simetria escolástica de resultados em alto nível”.

Recentemente me deparei com o extremo mal uso destes remédios psiquiátricos que prometem ”acabar” com os ”déficits” cognitivos dos estudantes. Um garoto que eu dei algumas aulas rápidas de Geografia e História, me disse que sua mãe resolveu lhe dar ritalina para que melhorasse a sua ”atenção”. Bem, ainda que fosse um adolescente com Tdah, mas nem isso, o rapaz é apenas um garoto ”normal” que tem algumas fraquezas cognitivas, como quase todo mundo. A mãe idiota desta pobre criatura o está sujeitando a intervenções medicamentosas sem nenhuma razão de ser, porque suas notas são boas, quer dizer, não são maravilhosas, mas também não está repetindo a quinta série do ensino médio pela quinta vez. Mesmo se estivesse, o uso de remédios só pode ser recomendado para casos e situações extremas. Mesmo no caso da Tdah, o uso de medicações deve ser limitada a casos muito extremos, meesmo…

O dogma da igualdade cria esta expectativa cruel de que uma criança ou um adolescente de rendimento escolar ruim, por exemplo, a partir do momento que se esforçar, poderá alcançar os demais. Existem casos e casos. Alguns são apenas ”preguiçosos” (e também haverão casos e casos nesta situação porque nem todo aquele que aparenta preguiça, será um preguiçoso). Outros serão apenas menos capazes naquela disciplina, ou mesmo, em todas elas, lembrem-se da metáfora dos elásticos. Alguns elásticos serão mais plásticos, outros não e não há absolutamente nada de errado com isso.

Pessoas estúpidas com as mais belas e nobres intenções, continuarão a serem estúpidas e suas intenções terão apenas um verniz, uma superfície de nobreza, porque qualquer ato ou intenção que for baseada na estupidez, jamais será nobre.

Em resumo, a escola se limita a ideologias torpes + conhecimento freudiano, freudilesco, quer dizer, fraudulesco, para ”ajudar” as crianças e os adolescentes…

Anúncios

Tags:, ,

About santoculto

Email ataudecinzento@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

De:RefémdoDrDeus Para:Deprimente mundo Assunto:Denúncia de maus-tratos a pensadores

...e Deus criou a Ângela,desapontado com a nossa Eva.Apresento-vos o meu "disco rígido" ...

renanbarreto88

Just another WordPress.com site

Castro456's Blog

O medo do nada

Delusions of Adequacy

And You Thought You Might Have Had Delusions of Grandeur

PARTO DE IDÉIAS

"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância." Sócrates.

Pshelinha

Um pouco de mim..

Pensar Novo

"Saber que você precisa mudar não é suficiente. Você precisa ter a coragem de fazer esta mudança." Robert Kyosaki

Mind Hacks

Neuroscience and psychology news and views.

Inside Perspectives

of Asperger Syndrome and the Neurodiversity Spectrum

Agoraphobia Subliminal Hypnosis

Come out of the woods, the dark, come into the light. As a recovered agoraphobic, I've designed these audios over many years in order to help you. Charles K. Bunch, Ph.D.

Antimidia

Textos sem sentido, para leituras sem atenção, direcionados às pessoas sem nada para fazer.

%d blogueiros gostam disto: