Inteligencia verbal pura ou abstrata versus conhecimentos gerais + vocabulário, o ”fator g” na vida real e o fenomeno dos humanos que cresceram sem convívio com outros de sua espécie

(((( que coisinhas lindas meu Deus)))) 

Pra que serve a comunicação social***

Para ser usada na sobrevivencia.

A inteligencia ”verbal”, apreciada a partir de uma perspectiva naturalista, funcionará principalmente a partir da comunicação oral e para encontrar padrões semanticos, vocabularizados ou não, a capacidade de se comunicar mas também de catalogar uma multitude de padrões e quanto maior e mais preciso ou útil forem estes padrões, mais desenvolvida será a capacidade de sobrevivencia, mas também de sobrevivenciabilidade, que se consiste no ato de manipular conscientemente as armas de defesa visando a auto conservação, diferente da própria sobrevivencia que não tem um conceito mais especializado ou que é mal compreendida, visto que boa parte dos animais se utilizam de sua cognição para sobreviver, ao passo que o ser humano pode usar a sua inteligencia, uma sofisticação da cognição como maneira de interagir com o seu meio. Capturamos padrões e nos comunicamos oralmente com as outras pessoas ou guardamos para nós, como informações que poderão ser úteis. .

A inteligencia verbal vocabularizada se diferencia da inteligencia verbal pura, que se consiste na capacidade de capturar, compreender e comunicar (ou não) um conjunto de informações que estão sendo retidas a partir da interação com o ambiente em que se encontra, de ou dando-lhe,  atribuindo-lhe um valor semantico, uma associação ou analogia. Por exemplo, quando falamos ou pensamos na palavra cachorro, a imagem ou a ideia de cachorro aparece em nossas mentes. O vocabulário é a simbolização de nossas percepções. Eh a fixação da autoconsciencia. Podemos saber que o ”cachorro” é um cachorro apenas por suas características, mas o vocábulo aparece como uma reafirmação de algo que é entendido por pura observação e comparação.

Existe aí claramente uma correlação entre tamanho do vocabulário com alta inteligencia verbal vocabularizada, mas que não será tão necessária para a inteligencia semantica ou inteligencia verbal pura.

Abstrações são padrões que foram capturados do mundo ”real” e manipulados a partir de dentro da mente, por meio da imaginação realista, ou que se consiste em uma realidade maior em comparação aquela que capturamos de imediato, que eu denominei de verdade objetiva, tudo aquilo que nossos olhos podem ver e reconhecer de imediato, a verdade simples. Estatísticas são um exemplo interessante e elucidativo para explicar como se dariam as abstrações, a amplificação sofisticada ou complexa da realidade que nos cerca. A matemática aparece aí como um componente muito importante, mas juntamente a ela, coexiste a capacidade de compreensão de padrões similares ou dissonantes, sem a necessidade de fazer contas para constatar a veracidade destes fatos, é fundamental. A memória guarda similaridades, diferenças e contradições. A matemática aparece como um componente, uma técnica que pode dar um tom mais empírico ou mais consistente aos padrões que capturamos, mas não é 100% necessária, especialmente se voce tiver uma memória verbal muito desenvolvida. A matemática é a técnica de mensuração e manipulação da matéria.

Portanto, quanto maior for o alcance para capturar, entender, reter e manipular padrões semanticos dentro do ambiente de interação, melhores serão as reações que visam mitigar os perigos, e maior será a inteligencia semantica (verbal) pura, que não exige a sofisticação ou mesmo a existencia do vocabulário. Este fator aparece como um componente capaz de melhorar esta capacidade de análise semantica, especialmente dentro dos contextos sociais humanos.

Um indivíduo poliglota ultra-esquerdista que realmente acredita na igualdade racial, é uma demonstração quanto a correlação não-causal entre inteligencia verbal semantica pura e a inteligencia linguística (que determinamos como ”inteligencia verbal”). A lógica não-matemática será a inteligencia ”verbal” pura ou semantica.

A semantica da sobrevivencia,

é a captura de essencias,

é a observação do por do sol e do canto dos pássaros,

é a associação frutífera, do veneno e da labuta,

das diferenças que não podem respirar igualdade absoluta,

da árvore que dá fruta e daquela que dá sombra,

é o valor que damos, o nome ou grunhido que cunhamos,

é a alegoria que internalizamos,

porque o dicionário real é o sentido, do tato a visão,

e a sobrevivencia, é a arte de entender,

imitar aquilo que sustenta a vida,

ou inventar aquilo que pode melhorá-la.

 

Captura e entendimento de padrões como o verdadeiro fator g, o fator modulador da inteligencia humana

 

O fator g foi definido como uma partícula estatística em comum que aparece em todos os testes de qi e que almeja indicar o seguinte

”Todos nós temos uma média de capacidade na execução de todas as tarefas cognitivas, desde dirigir um carro até fazer uma prova de matemática”.

Eu acredito que todos nós tenhamos mesmo uma capacidade média de captura de padrões, mas as médias costumam ser construções estatísticas, especialmente se for baseada em um conjunto estatístico discrepante, com muitas ondulações e outliers. Portanto, haverão médias-g e médias-g.

Os testes de qi enfatizam OU os psicometristas enfatizam a inteligencia geral nos testes de qi e relegam a amplitude cognitiva (forças e fraquezas) a um papel secundário, minoritário e potencialmente proto-patológico.

A inteligencia e portanto a vida não se resumem a testes de qi.

Como eu mostrei em um outro texto, o ponto fundamental da inteligencia não precisa ser ”medido” em testes cognitivos, pelo menos, não da maneira como tem sido, porque pode ser observado a olho nu, a capacidade de encontrar e de entender conscientemente os padrões que estão em constante interação. Este é o verdadeiro fator g, na minha opinião, a essencia funcional e cognitiva da inteligencia.

Eu não acredito que a média de inteligencia matemática dos taxistas ou dos caminheiros seja muito alta mais alta do que a dos próprios matemáticos. Pode ser que exista mesmo uma tendencia para sermos similarmente bons em todas as tarefas, mas para toda a regra, existirão exceções e exceção necessariamente não precisa indicar patologia.

 

Inteligencia e auto consciencia

O ultimato da inteligencia humana, a auto consciencia.

Vamos imaginar que voce tenha voltado no tempo, quando ainda era apenas um bebe recém nascido. Então, vamos pensar que seus pais resolveram fazer um experimento radical, anti-ético e de longo prazo com voce, colocando-o dentro de uma jaula para ser criado por macacos.

O que voce acha que aconteceria dentro de 10 anos**

Primeiramente, o óbvio, voce não desenvolveria qualquer linguagem remotamente humana e se comunicaria por sinais, grunhidos, enfim, linguagem não-verbal. Eh provável que tivesse dificuldade para ficar ereto, tal como um ser humano típico.

Mas e em relação a auto consciencia***

 

Será que os seres humanos  mais autoconscientes saberiam que não são parentes dos macacos por simples observação comparativa**

Eu acredito que sim, ainda que este entendimento não se baseasse em qualquer forma sofisticada de compreensão, pois se daria com base na simples comparação e na sensação interior, intrínseca, de individualidade, de ser ou estar a parte dos outros, independente de qual identidade biológica que estes outros tivessem. Eu posso estar errado e todos ou a imensa maioria dos seres humanos, se criados separados dos outros de sua espécie, passarão a se comportar exatamente como os animais não-humanos que tem convivido e a ideia de ”identidade comportamental humana” passaria a ser vista como uma ”construção social”.

 

Tags:, , , , , , ,

Sobre santoculto

Email ataudecinzento@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

De:RefémdoDrDeus Para:Deprimente mundo Assunto:Denúncia de maus-tratos a pensadores

...e Deus criou a Ângela,desapontado com a nossa Eva.Apresento-vos o meu "disco rígido" ...

Castro456's Blog

O medo do nada

Delusions of Adequacy

And You Thought You Might Have Had Delusions of Grandeur

PARTO DE IDÉIAS

"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância." Sócrates.

Pensar Novo

"Saber que você precisa mudar não é suficiente. Você precisa ter a coragem de fazer esta mudança." Robert Kyosaki

Mind Hacks

Neuroscience and psychology news and views.

Inside Perspectives

of Asperger Syndrome and the Neurodiversity Spectrum

Agoraphobia Subliminal Hypnosis

Come out of the woods, the dark, come into the light. As a recovered agoraphobic, I've designed these audios over many years in order to help you. Charles K. Bunch, Ph.D.

Antimidia Blog

Textos sem sentido, para leituras sem atenção, direcionados às pessoas sem nada para fazer.

REBLOGADOR

compartilhamento, humanismo, expressividade, realismo, resistência...

%d blogueiros gostam disto: