Criativo contínuo e criativo descontínuo

 

criativo contínuo é  aquele que está imbuído por uma indissociável relação entre sua personalidade e sua criatividade. Portanto, se sua personalidade é em si, criativa, então tudo aquilo que fará em seu cotidiano, caminhará para se relacionar a sua essencia primária, fundamental, isto é, a sua criatividade. O criativo contínuo se caracteriza por ter uma grande densidade de ideias criativas por dia. Eh o clássico criativo e tende a ser do tipo ”genuíno”, ao contrário do ”criativo savant”, que apresenta um talento técnico que se relaciona com autoexpressão mas que não é cognitivamente falando, a manifestação da criatividade em seu estado puro e dominante (a minha teoria sobre os diferentes tipos de criatividade). O adjetivo contínuo se refere a tendencia perpétua de ”ser” e de ”agir” criativo, sempre de maneira original. Muitas pessoas inteligentes não são ”seres inteligentes’‘, mas são seres ”que estão” constituídos por inteligencia ou inteligencia acima da média. Se o ato de ”ser” é indubitavelmente a própria personalidade, então, muitos ”inteligentes”, não o são, apenas apresentam em sua superficialidade, maiores habilidades cognitivas. Isto se refere a minha ideia (que não é exclusivamente minha, obviamente) de ”personalidade inteligente”, o ato de ”ser continuamente um ser inteligente” e isto quer indicar, ser inteligente em todos os aspectos da vida. O mesmo pode ser aplicado a criatividade, onde que algumas pessoas apresentarão dons criativos mas que não serão criativos, porque não estarão providas de uma personalidade criativa.

A personalidade criativa e especialmente em combinação com um indivíduo que é um criativo contínuo, tende a se caracterizar pela instabilidade emocional que é o resultado direto de uma hiper sensibilidade de percepções. A partir de um espectro entre mentalismo (psicoses) e mecanicismo (autismo), o criativo contínuo tenderá a se localizar mais perto do primeiro grupo, enquanto que o criativo descontínuo e também do tipo savant, tenderá a se localizar dentro do espectro do autismo.

 

Criativo descontínuo e o savant

 

O criativo descontínuo ou savant que eu já expliquei neste longínquo texto, se caracterizaria pela tendencia de descontinuidade da personalidade em relação as habilidades criativas. Tal como eu já mostrei por meio do texto sobre a personalidade inteligente, algumas pessoas são inteligentes enquanto que outras pessoas tem uma elevada inteligencia (geralmente técnica) mas  não são inteligentes. Parece existir uma diferença entre o ser e ter.

O conceito mais característico, puro e auto-explicável da criatividade é a de que esta se consiste na produção de ideias ou combinações de ideias, novas e potencialmente produtivas. O conceito bruto para a criatividade se relaciona diretamente com o pensamento divergente apenas. Mas como estamos dentro de um contexto social, então existe a necessidade de que as ideias criativas possam ser úteis também, de alguma forma.

Como eu mostrei neste texto que deixei o link, o ato de pintar uma paisagem de forma perfeccionista, não é criatividade pura em si, mas a manifestação de um componente secundário que a acompanha, a autoexpressão, tal como a replicação sonora de uma música clássica ou instrumental. A partir do momento que o talento se mostra mais evidente nos componentes técnicos do que na capacidade de inovação, então este poderá ser conceituado como criatividade savant.

O talento inato e genuíno também é um fator fundamental para a produção criativa, se já não possa ser considerado como um quase sinonimo para a criatividade.

A partir do uso destes adjetivos, contínuo e descontínuo, pode-se demonstrar e enriquecer paralelamente esta teoria, visto que notar-se-á com maior clareza que os dois grupos tendem a se manifestar de maneira diferenciada.

A densidade de ideias novas entre os criativos descontínuos ou savant será muito menor do que em comparação ao criativo contínuo.

O criativo contínuo será consideravelmente mais imaginativo que o criativo descontínuo, se ele terá uma grande densidade de ideias criativas por dia, então é lógico pensar que esta hiperatividade possa resultar com frequencia na produção de ideações criativas ou imaginação.

Ainda que a criatividade savant tenda a se sobrepor consistentemente com a criatividade descontínua, elas não serão a mesma coisa e pode ser possível encontrarmos criativos descontínuos que produzem ao longo da vida, uma boa quantidade de trabalhos criativos de alta qualidade.

 

Criatividade não é apenas para recreação e o papel do criativo contínuo na produção de ideias úteis para o dia-a-dia

 

Quando falamos em criatividade ou em trabalho criativo, a maioria de nós pensa imediatamente em pintura, literatura, dança, etc… Eh provável que pensemos menos na utilidade visceral da criatividade no mundo não-recreativo (ainda que todas essas atividades tenham o seu valor inestimável).

No entanto, as pessoas criativas e eu acredito que, especialmente, as criativas contínuas, que tem um monte de ideias inovadoras por dia, possam ser consideravelmente produtivas para a resolução de problemas nas mais diversas áreas como na política, na economia, na organização social, cultural e mesmo no dia-a-dia, em nano-escala de interação, como no gerenciamento de uma empresa ou na organização de uma casa. A criatividade encontra-se presente em todos os ambientes da espécie humana, mas no mundo moderno e talvez com frequencia, na maior parte do tempo, é tratada como um conjunto de atividades que são apenas recreativas, quando na verdade, pode e é extremamente importante em todos os aspectos de nossas vidas.

 

O criativo descontínuo tenderá a ser mais emocionalmente estável do que o criativo contínuo, porque como eu salientei acima em relação a identidade e a ação mecanico-contextual da inteligencia, a criatividade também tende a ser vivida de maneira diferente, dependendo da intensidade, por indivíduos diferentes, onde que o criativo contínuo acima de qualquer outra coisa, será criativo, enquanto que o descontínuo, tenderá a ter um talento criativo secundário.

Este pensamento parte da minha ideia de que exista uma hierarquia de dominação comportamental de nossas personalidades, onde que algumas tendencias serão mais afloradas do que outras e ditarão com maior veemencia nossas identidades.

 

 

Anúncios

Tags:,

About santoculto

Email ataudecinzento@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

De:RefémdoDrDeus Para:Deprimente mundo Assunto:Denúncia de maus-tratos a pensadores

...e Deus criou a Ângela,desapontado com a nossa Eva.Apresento-vos o meu "disco rígido" ...

renanbarreto88

Just another WordPress.com site

Castro456's Blog

O medo do nada

Delusions of Adequacy

And You Thought You Might Have Had Delusions of Grandeur

PARTO DE IDÉIAS

"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância." Sócrates.

Pshelinha

Um pouco de mim..

Pensar Novo

"Saber que você precisa mudar não é suficiente. Você precisa ter a coragem de fazer esta mudança." Robert Kyosaki

Mind Hacks

Neuroscience and psychology news and views.

Inside Perspectives

of Asperger Syndrome and the Neurodiversity Spectrum

Agoraphobia Subliminal Hypnosis

Come out of the woods, the dark, come into the light. As a recovered agoraphobic, I've designed these audios over many years in order to help you. Charles K. Bunch, Ph.D.

Antimidia

Textos sem sentido, para leituras sem atenção, direcionados às pessoas sem nada para fazer.

%d blogueiros gostam disto: