Cultura como uma resposta alegórica a predisposições comportamentais inatas

Vamos imaginar que exista um  grupo populacional onde a maioria seja melancólica e intelectualizada (quem dera). Ninguém aprende a ser melancólico. Todo melancólico sabe que sempre foi mais propenso a introspecção. Este grupo populacional então, a partir desta predominancia demográfica de personalidade (predominantemente) melancólica, caminhará para produzir uma cultura totalmente voltada as suas necessidades transcendentais biológicas (ou predisposições), a (agora) famosa cultura neurológica.

Filmes de Fellini são alegres, filmes de Bergman são introspectivos. O genio criativo pode representar o ápice exteriormente expressado de uma determinada ”cultura” ou alegoria coletiva biológica justamente por ser a combinação individual mais rara e grandiosa de um conjunto coletivo de genes e predisposições. Os dois grandes cineastas da história do cinema ao espelharem e exteriorizarem suas personalidades, apenas mostraram parte das almas de suas respectivas nacionalidades ou coletividades ( produto étnico-cultural mais característico, desprezando as idiossincrasias culturais internas), isto sem falar em suas capacidades para capturar percepções relevantes.

A cultura não é um alimento que brota da terra mas o produto externalizado de mentes humanas. Culturas artificiais são aquelas que são impostas pelas elites e geralmente, são artificiais apenas durante a fase inicial de imposição cultural com base no domínio social e economico. Culturas naturais, especialmente, tenderiam a ser alegorias externalizadas de predisposições comportamentais, dando significado ou simbolismo a comportamentos ou a fenomenologia, a que os comportamentos pertencem.

Da mesma maneira que fenomenos incomuns são simbolizados como ”milagres”, fenomenos naturais poderosos são identificados como a manifestação de uma força superior, a partir da sofisticação desta construção alegórica, passamos a dar simbologia ou significado a nossas próprias tendencias.

A imposição de certas tendencias comportamentais por uma classe cultural ou criativa, também pode ter um efeito nos padrões de acasalamento.

Portanto, ao simbolismo que damos a interpretação metafórica do mundo e de sua fenomenologia interativa e humana, cunhamos o nome de ”cultura”. Nosso tipo de personalidade, nosso tipo e nível de inteligencia (personalidade, criatividade e inteligencia em suas respectivas multidimensionalidades), em conluio com o mundo exterior, em interação com o ambiente, nossa resposta constante e portanto transcendental, produzirá nossa cultura neurológica pessoal, ao passo que, a cultura coletivamente vivenciada poderá expressar inteiramente ou não as suscetibilidades comportamentais reinantes (demograficamente predominantes), ou seja, de uma maioria de indivíduos que compartilham várias semelhantes cognitivas, psicológicas e consequentemente de comportamento.

Ainda que não seja suficientemente correlativo que a cultura coletiva irá acoplar-se perfeitamente a boa parte dos indivíduos, esperar-se-á que em culturas naturais, esta forte correlação se faça presente. E culturas ”naturais”, necessariamente não precisa implicar em culturas de caçadores coletores ou de grupos humanos que se reúnem em tribos com populações menores, mas também em relação a culturas individualmente opressoras, que promovem o ostracismo e expulsão de dissidentes como as culturas religiosas mais extremadas, ou seja, a maioria destas culturas.

Anúncios

Tags:, , , , ,

About santoculto

Email ataudecinzento@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

De:RefémdoDrDeus Para:Deprimente mundo Assunto:Denúncia de maus-tratos a pensadores

...e Deus criou a Ângela,desapontado com a nossa Eva.Apresento-vos o meu "disco rígido" ...

renanbarreto88

Just another WordPress.com site

Castro456's Blog

O medo do nada

Delusions of Adequacy

And You Thought You Might Have Had Delusions of Grandeur

PARTO DE IDÉIAS

"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância." Sócrates.

Pshelinha

Um pouco de mim..

Pensar Novo

"Saber que você precisa mudar não é suficiente. Você precisa ter a coragem de fazer esta mudança." Robert Kyosaki

Mind Hacks

Neuroscience and psychology news and views.

Inside Perspectives

of Asperger Syndrome and the Neurodiversity Spectrum

Agoraphobia Subliminal Hypnosis

Come out of the woods, the dark, come into the light. As a recovered agoraphobic, I've designed these audios over many years in order to help you. Charles K. Bunch, Ph.D.

Antimidia

Textos sem sentido, para leituras sem atenção, direcionados às pessoas sem nada para fazer.

%d blogueiros gostam disto: