Não houve um aumento real da inteligência humana e isso nos ajuda a explicar o porquê de nossas amadas elites serem estúpidas….

Alguns estudos sobre processos seletivos eugênicos no passado, especialmente na Europa e o suposto aumento real de inteligência, tem demonstrado que as famílias mais ricas aumentaram os seus números na demografia de muitas nações. Por razões que beiram à obviedade, os mais ricos tem conseguido manter mais filhos vivos até a idade de reprodução do que os mais pobres. Apesar das taxas de fecundidade, possivelmente uniformes, as taxas de mortalidade e mortalidade infantil, eram brutalmente mais altas entre os mais pobres, resultando neste diferencial demográfico entre as classes sociais (hoje o quase-contrário acontece, 😉 ). Inteligência se relaciona com maior capacidade para acumular uma maior quantidade de ”recursos” como proxy de ”capacidade de sobrevivência” e em sociedades onde estes recursos são literalmente simbolizados como ”dinheiro”, observa-se esta clara relação.

Mas o conceito mais puro para inteligência, especialmente a humana, não se baseia na sobrevivência por meio do acúmulo de recursos como método de sustentabilidade de uma família, mas pela motivação intrínseca (amor, paixão) pela aquisição de conhecimento, objetivo, isto é, baseado no mundo real e que pode ser útil para a melhoria da coesão interativa com os pares de convivência, isto é, estender os benefícios da sabedoria a todos aqueles que compartilham o mesmo ambiente. Portanto, a inteligência humana não é apenas ou fundamentalmente, a aquisição egoísta de recursos como maneira de promover os próprios genes (ter muitos filhos), mas principalmente, na melhoria do ambiente como maneira de mitigar possíveis conflitos, isto é, riscos para sobrevivência, não apenas da família direta, mas também de todos aqueles que compartilham o ambiente. É uma evolução da capacidade de modificar o ambiente para o próprio bem estar, um estilo de capacidade que diferencia os seres humanos dos outros animais.

”Nossas amadas elites” são inteligentes para capturar uma grande quantidade de recursos para si próprios, mas estão desprovidas de macro-sabedoria, quando as atitudes e motivações intrínsecas, são estendidas para todos aqueles que compartilham o mesmo ambiente. Isso explica o porquê dos ciclos de civilização, onde uma sociedade complexa nasce, se expande com base em guerras e extermínios dos seus inimigos internos e externos, atinge o auge, entra em decadência e desaparece, deixando um rastro de destruição e estupidez, assim como também de inovações. Nunca ocorre uma real evolução, sob todos os aspectos da existência, moral, social, econômico… mas uma possibilidade, uma janela de evolução é aberta, mas que  aparece tarde demais para que as pessoas sábias possam solucionar estes problemas e produzir potenciais melhorias significativas para (e da) sociedade.

Um caso interessante para ser exemplificado é sobre a atitude ocidental em relação à homossexualidade. Parece claro que apesar das más intenções secretamente embutidas, a normalização do comportamento sexual recreativo, dentre eles a homossexualidade, abriu portas para um maior entendimento sobre a sexualidade humana (assim como também de outras espécies), sobre noções morais, noções de civilidade, do respeito à individualidade (como proxy para criatividade) em conluio com o respeito ao dever cívico, de ajudar a sociedade em que se vive, enfim… uma enorme gama de possíveis melhorias das interações interpessoais humanas, sob todos os níveis, apareceu, simbolizando a ”janela de oportunidades”, para a evolução da civilização, por meio da sabedoria, soma das semelhanças e especialização pseudo-alienante das diferenças. Encontrar pontos de união e criar novos novelos, mais diversos, mais enriquecidos, mais potencialmente vantajosos. No entanto, ao invés dos ”seres humanos, dito, seres inteligentes”, usarem seus super-crânios para produzir avanços na sociedade em que vivem, eles simplesmente concluem a partir dos problemas que a normalização do sexo recreativo previsivelmente produziria, que devemos voltar ao modelo de sociedade anterior, onde o sexo era canonizado por culturas dogmáticas, que teimamos em chamar de ”religião”. Em outras palavras, a janela de oportunidades não será apenas desprezada pelos ”super-crânios bípedes”, assim como também, sequer será notada, resultando na ”evolução circular” da humanidade, o mesmo que dizer, ”não-evolução ou re-volução.

A suposta inteligência superior do homem, ainda não é capaz de fazer aquilo que a meu ver, parece ser o mais simples. Portanto, deve haver uma explicação do porquê daqueles que literalmente decidem sobre nossas vidas de gado manso, serem completamente estúpidos assim como também de seus seguidores (os invejosos-brancos que também gostariam de ser tão ricos e ”bem sucedidos” quanto os seus primos mais astutos). E o meu palpite é que a madrasta-natureza não seleciona OS MAIS INTELIGENTES mas os MAIS ADAPTADOS, portanto, a capacidade individual para acumular recursos como maneira de sustentar uma família, de replicadores dos seus próprios genes, vence a capacidade intrínseca para a aquisição de conhecimento e o uso deste como método de melhoria do ambiente que é compartilhado não apenas por seus parentes biológicos, mas também por todos os outros.

Em conclusão resumida, a mãe natureza, que não é mãe, mas madrasta, dá preferência para o esperto subhumano, desprovido de senso de empatia-e-inteligência desenvolvidos, em relação ao verdadeiramente inteligente.

Nós saímos da selva, mas a selva não saiu de nós.

Anúncios

Tags:, , , ,

About santoculto

Email ataudecinzento@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

De:RefémdoDrDeus Para:Deprimente mundo Assunto:Denúncia de maus-tratos a pensadores

...e Deus criou a Ângela,desapontado com a nossa Eva.Apresento-vos o meu "disco rígido" ...

renanbarreto88

Just another WordPress.com site

Castro456's Blog

O medo do nada

Delusions of Adequacy

And You Thought You Might Have Had Delusions of Grandeur

PARTO DE IDÉIAS

"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância." Sócrates.

Pshelinha

Um pouco de mim..

Pensar Novo

"Saber que você precisa mudar não é suficiente. Você precisa ter a coragem de fazer esta mudança." Robert Kyosaki

Mind Hacks

Neuroscience and psychology news and views.

Inside Perspectives

of Asperger Syndrome and the Neurodiversity Spectrum

Agoraphobia Subliminal Hypnosis

Come out of the woods, the dark, come into the light. As a recovered agoraphobic, I've designed these audios over many years in order to help you. Charles K. Bunch, Ph.D.

Antimidia

Textos sem sentido, para leituras sem atenção, direcionados às pessoas sem nada para fazer.

%d blogueiros gostam disto: