Inteligência é a capacidade de adaptação??

Vamos imaginar que o nosso planeta está se destruindo. O que você faria?? Bem, se você soubesse que o planeta estivesse se destruindo e vivesse em uma sociedade de altíssimo nível tecnológico, você entraria em sua nave com sua família e sairia do planeta para um lugar mais seguro não é??

Algumas pessoas imaginam que a adaptação se relaciona com ação e reação. Ou seja, se algo acontece em seu ambiente, onde vive, basta reagir de maneira ”inteligente” para mitigar os problemas que esta interação poderá lhe causar.

Responde-se aos problemas em uma micro-escala. Mas e na macro-escala, como as pessoas inteligentes (ou realmente inteligentes) poderiam responder?

Pumpkinperson, um blogger HBD que eu tenho acompanhado, tem tentado provar que os testes de qi são praticamente como um sinônimo de inteligência. Ele define a inteligência como ”capacidade de adaptação” e com isso, utiliza dados correlativos entre alto qi e ”adaptação funcional” como maior riqueza material e maior formação acadêmica, para comprovar que como a inteligência é a capacidade de adaptação, então, os testes de qi que estão positivamente relacionados com capacidade de (micro) adaptação, seriam praticamente uma expressão ambiental da própria inteligência.

No entanto,  ”nós REALMENTE vivemos” metaforicamente falando, é claro, em ”um planeta” que está se auto destruindo”. Como pode ser possível que as pessoas mais inteligentes possam estar indiferentes à decadência da civilização ocidental, se a inteligência se relaciona com capacidade de adaptação? O que é realmente a capacidade de adaptação se não a Macro-adaptação??

Espécies exóticas estão em maior risco de desaparecer porque são micro-adaptadas. Na natureza, não existe burrice ou inteligência. Todos os animais estão dotados de grande inteligência adaptativa. Mas algumas espécies são mais primitivas que outras. Por exemplo, as plantas são mais primitivas que os animais que podem se locomover. Inclusive, em escala geológica, as plantas são mais velhas do que os animais dinâmicos, como os seres humanos. A desvantagem da planta é que ela depende totalmente do ambiente para sobreviver, ao passo que os animais podem se locomover pelo e entre os ambientes. Se a floresta onde existia uma espécie de planta exótica, começar a ser destruída por mãos humanas para a construção de um condomínio residencial, a  planta terá poucas chances de sobreviver. Nesta mesma floresta, os ”animais dinâmicos” poderão se locomover para outros ambientes.
O famoso fenômeno etno-sociológico da ”fuga branca”, emula com perfeição a capacidade ”primitiva” humana para encontrar padrões de desarmonia, potencialmente conflituosos e expansivos, nas áreas de ocupação, e migrar para regiões mais seguras.
Portanto, voltamos ao exemplo metafórico anterior que usei. Se as pessoas de alto qi, em média, não são capazes de perceber mudanças no ambiente que podem ser desvantajosas para suas sobrevivências, então elas estão desprovidas de ”fator g” ou da mais primordial forma de inteligência humana, a capacidade de ”prever” padrões desarmônicos no ambiente, que são potencialmente perigosos, em outras palavras, ”de sobreviver e se adaptar” em uma macro-escala.
Ganhar dinheiro ou ”ser” um PHD em ciência da religião, são manifestações de micro-adaptações. Agora, prever a inutilidade de se ganhar muito dinheiro ou status social em um ambiente que está em deterioração é a capacidade para potencial macro-adaptação.
É o que tem acontecido com as famílias de euroamericanos (e de britânicos também) dentre outros grupos de alta perspicácia, que ao perceberem mudanças potencialmente desarmônicas em seus respectivos ambientes, resolveram se mudar para locais onde a probabilidade para o acontecimento de eventos conflituosos ou redução do fitness para sobrevivência familiar ou individual, serão consideravelmente menores. E a densidade demográfica destes agentes mais estatisticamente relevantes para a produção de conflitos ou desarmonia é um marcador interessante e importante para decidir onde será o próximo destino para viver com a família ou individualmente.
A bíblia mostra nesta passagem da estória de Noé e sua família, quando o ambiente em que viviam, se tornou extremamente corrupto e perverso, ainda que, mediante um contexto autoritário e determinista (como definir homossexualidade como um pecado ou desarmonia e o casamento monogâmico como harmonia, ainda que, olhando pela superfície, faça algum sentido, não é bem assim), eles foram aconselhados ”por Deus” a deixar aquele local em direção a uma área mais segura.

Tags:,

Sobre santoculto

Email ataudecinzento@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

De:RefémdoDrDeus Para:Deprimente mundo Assunto:Denúncia de maus-tratos a pensadores

...e Deus criou a Ângela,desapontado com a nossa Eva.Apresento-vos o meu "disco rígido" ...

BARRETO Automotive / Desde 1988 / Entregas 24 HORAS

ATENDEMOS TODAS AS SEGURADORAS / LUBRIFICANTES / RODAS / PNEUS / RETÍFICA / CÂMBIO AUTOMÁTICO / TAPEÇARIA / PELÍCULA / POLIMENTO E CRISTALIZAÇÃO / LAVAGENS / HIGIENIZAÇÃO / REFORMAS / FUNILARIA / OFICINA / GUINCHO / CHAVEIRO / BLINDADORA / IMPORTADORA / EXPORTADORA

Castro456's Blog

O medo do nada

Delusions of Adequacy

And You Thought You Might Have Had Delusions of Grandeur

PARTO DE IDÉIAS

"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância." Sócrates.

Pensar Novo

"Saber que você precisa mudar não é suficiente. Você precisa ter a coragem de fazer esta mudança." Robert Kyosaki

Mind Hacks

Neuroscience and psychology news and views.

Inside Perspectives

of Asperger Syndrome and the Neurodiversity Spectrum

Agoraphobia Subliminal Hypnosis

Come out of the woods, the dark, come into the light. As a recovered agoraphobic, I've designed these audios over many years in order to help you. Charles K. Bunch, Ph.D.

Antimidia Blog

Textos sem sentido, para leituras sem atenção, direcionados às pessoas sem nada para fazer.

REBLOGADOR

compartilhamento, humanismo, expressividade, realismo, resistência...

%d blogueiros gostam disto: