Lateralização anômala, super especialidades e continuidade ecolálica do savantismo

Parece haver um número bastante elevado de canhotos e ambidestros que são extremamente talentosos em suas  respectivas áreas de atuação. No texto anterior, eu sugeri que a grande maioria dos autistas apresentam habilidades savants, menos intensas, daquelas que são notadas dentro da própria população portadora da síndrome de savant.

Eu refutei a informação estatística popular de que apenas 10% dos autistas apresentam ”habilidades savants”. Principiei pela continuidade entre savantismo e autismo e defini o segundo como uma manifestação mais moderada da síndrome de savant, com menor intensidade das habilidades específicas e menor severidade no retardamento mental.

Agora, eu continuarei brevemente a sugerir a expansão dos atributos savants, não apenas para a população autista mas também para neurotípicos ”mais próximos” do espectro da neurodiversidade. Como já disse muitíssimas vezes aqui, todos nós temos um pouco de autismo, esquizofrenia, psicopatia, tdah em nós. Não somos substancialmente diferentes dos portadores homozigotos de todas estas condições. Na verdade, nós seríamos um quebra-cabeças de todas estas condições, porém, decantadas em suas respectivas manifestações.

A continuidade ecolálica do savantismo se baseia na ideia de que os super especialistas cognitivos da humanidade, de neurodiversos e de neurotípicos (neste segundo grupo, especialmente os mais talentosos), se localizariam mais perto do ”epicentro da síndrome de savant” e portanto apresentariam ”ecos” das habilidades savants. Estes ecos não seriam aplicados apenas nas áreas tradicionalmente super desenvolvidas em mentes savant, como a matemática e a música, mas derivariam de habilidades menos específicas como a capacidade de memorização e no entanto, se manifestariam de maneira específica. Ou seja, são mais universais enquanto conceito, mas são mais específicos enquanto manifestação fenotípica.

Mais profundamente. As mentes com lateralização cerebral anômala seriam mais assimétricas em habilidades cognitivas do que as mentes com lateralização cerebral comum ou usual. Os ecos do savantismo seriam notados por meio da manifestação de super especialidades cognitivas, foram do espectro do autismo e mesmo, fora do espectro da neurodiversidade.

Pintores, atletas, escritores, dentre uma diversidade de outros super especialistas são encontrados dentro da população neurotípica e representam os ecos do savantismo.

Anúncios

Tags:, , ,

About santoculto

Email ataudecinzento@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

De:RefémdoDrDeus Para:Deprimente mundo Assunto:Denúncia de maus-tratos a pensadores

...e Deus criou a Ângela,desapontado com a nossa Eva.Apresento-vos o meu "disco rígido" ...

renanbarreto88

Just another WordPress.com site

Castro456's Blog

O medo do nada

Delusions of Adequacy

And You Thought You Might Have Had Delusions of Grandeur

PARTO DE IDÉIAS

"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância." Sócrates.

Pshelinha

Um pouco de mim..

Pensar Novo

"Saber que você precisa mudar não é suficiente. Você precisa ter a coragem de fazer esta mudança." Robert Kyosaki

Mind Hacks

Neuroscience and psychology news and views.

Inside Perspectives

of Asperger Syndrome and the Neurodiversity Spectrum

Agoraphobia Subliminal Hypnosis

Come out of the woods, the dark, come into the light. As a recovered agoraphobic, I've designed these audios over many years in order to help you. Charles K. Bunch, Ph.D.

Antimidia

Textos sem sentido, para leituras sem atenção, direcionados às pessoas sem nada para fazer.

%d blogueiros gostam disto: