Hiperrealidade é o mundo da criação, método científico como a sofisticação do pensamento mágico da religião

Quando era mais jovem, assim como acontecia e acontece com grande parte da população, eu era bombardeado com teorias científicas, desde os primeiros anos de escola até quando consegui passar no vestibular e fazer faculdade.

Quando se é afetado sem ter conhecimento da natureza daquilo que está influenciando você, tenderá a tornar-se um ser cego e inconsciente do meio que o cerca bem como de suas interações.

Eu vi uma teoria nascer e estou tentando participar de uma maneira para que possa fazê-la ser melhor compreendida e que se torne menos simplista, determinista e potencialmente conflitiva. Eu vi pessoas aparentemente inteligentes empurrando uma clara agenda política, disfarçando-a de ”ciência”.

Eu vi como funciona o mercado de ideias convenientes pintadas de ”ciência” .

A ciência deseja manter nossos pensamentos presos sob sua jurisdição. Somos convencidos que não somos capazes de ver o mundo por conta própria, que é necessário que existam filtradores da realidade, para que possamos ser educados sobre ”certo” e ”errado”, não apenas enquanto um conceito moral.

O fato é que a ciência não é diferente naquilo que a filosofia é, já produziu e continua a fazê-lo, bem como pela religião.

A religião pode ter tido um início de luminosidade para o pensamento humano, uma evolução do pensamento instintivo reativo, para o pensamento analítico e correlativo. No entanto, os seus resultados foram e são catastróficos.

Religião, filosofia e ciência, partem exatamente dos mesmos princípios, a seleção.

O mundo da seleção é o mundo da hierarquia. Eu não sou e nunca fui contra hierarquia, mas sempre fui e sempre serei contra a injustiça e infelizmente, quase toda a hierarquia humana está baseada em injustiças, em atributos muito mais subjetivos do que objetivos para alcançar o topo da sociedade.

O mundo da hiperrealidade é o mundo da criação por excelência.

A criação deve basear-se na existência de algo. No entanto, este algo, é passível de mudança, de manipulação.

Um dos segredos da ”caixa de Pandora”, é a de que nós somos os próprios criadores, se tivermos a capacidade de notar a realidade, visto que ao enxergarmos a verdade, nos tornaremos semelhantes àqueles que fazem parte do sistema, a super elite de criadores da realidade. É como se saíssemos da plateia e fôssemos até os bastidores ver como se produz um espetáculo teatral.

A partir do momento em que nos deparamos com as múltiplas perspectivas, observamos que a ciência ao principiar pela completa negação de teorias refutadas, não visa acumular experiências e perspectivas, mas enxugá-las.

Pensem metaforicamente que tenhamos uma caixa sem nenhum enfeite e queiramos enfeitá-la.

Pensem na ciência tal como quando colocamos um enfeite no mesmo lugar e depois de um tempo, o consideramos feio ou ultrapassado e o substituímos por um enfeite novo, colando-o no mesmo lugar. Estamos desprezando o espaço da caixa, negando a sua multidimensionalidade. Não estamos acumulando enfeites, para tornar a caixa mais bonita, mas estamos selecionando enfeites, para depois retirá-los. Isso é um grande desperdício.

O que a ciência faz é apenas manter a supremacia da seleção, agora com base na objetificação.

Para aqueles que não tem ”coragem” de ”ir aos bastidores ver como a peça de teatro é produzida”, a ciência vos parecerá tão certa quanto a crença religiosa é para os religiosos.

Os níveis são significativamente diferentes e eu tenho concluído amadoramente este fosso de inteligência entre ateus e religiosos em comunidades em redes sociais. No entanto, ainda são níveis. A multidão de ateus com média de qi de estudantes universitários, não é muito diferente em natureza etiológica primordial, quanto às massas engolfadas por discursos apelativos dos pastores evangélicos, visto que continuarão a ser de consumidores inconscientes dos produtos feitos pelos criadores de suas respectivas visões unilaterais de mundo.

Você não é o cozinheiro, é o cozinhado.

E é ensinado a comer a si mesmo, desgastando-se para que possa servir como mais uma peça individualmente irrelevante para o sistema. Uma pilha que quando estiver velha, será jogada em sótão pouco iluminado.

Se tudo é manipulável, se nossa realidade pode ser construída, então qual é a relevância da ciência do que se não continuar a sustentar a sociedade piramidal arcaica que tem prevalecido na história da humanidade??

A ciência quer que você desenhe um pato no papel em branco, que não é você, mas a sua vida, um papel em branco com cores e formas já previamente estabelecidas.

Mas você quer desenhar uma galinha.

A ciência irá tentar convencê-lo de que é irracional desenhar uma galinha e que o certo é desenhar um pato, mas a folha de papel em branco que é a sua vida e o seu estojo com lápis de cor, são somente seus…

Ainda que, eu não esteja aqui tentando dizer-lhes que a anarquia total é o correto, mas ao menos tentar, mais uma vez, dar um pouco de ponderação na caminhada humana.

Anúncios

Tags:, , ,

About santoculto

Email ataudecinzento@gmail.com

4 responses to “Hiperrealidade é o mundo da criação, método científico como a sofisticação do pensamento mágico da religião”

  1. Davi says :

    Eu já terminei minha teoria faz tempo, só que eu me esqueci completamente… Me lembrei ontem.
    Mas estou com vergonha de enviar…. Rsrs…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

De:RefémdoDrDeus Para:Deprimente mundo Assunto:Denúncia de maus-tratos a pensadores

...e Deus criou a Ângela,desapontado com a nossa Eva.Apresento-vos o meu "disco rígido" ...

renanbarreto88

Just another WordPress.com site

Castro456's Blog

O medo do nada

Delusions of Adequacy

And You Thought You Might Have Had Delusions of Grandeur

PARTO DE IDÉIAS

"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância." Sócrates.

Pshelinha

Um pouco de mim..

Pensar Novo

"Saber que você precisa mudar não é suficiente. Você precisa ter a coragem de fazer esta mudança." Robert Kyosaki

Mind Hacks

Neuroscience and psychology news and views.

Inside Perspectives

of Asperger Syndrome and the Neurodiversity Spectrum

Agoraphobia Subliminal Hypnosis

Come out of the woods, the dark, come into the light. As a recovered agoraphobic, I've designed these audios over many years in order to help you. Charles K. Bunch, Ph.D.

Antimidia

Textos sem sentido, para leituras sem atenção, direcionados às pessoas sem nada para fazer.

%d blogueiros gostam disto: