Eugenia analfabeta e hbd decepção parte 2

 
Agora, se  visitar o site de direita, Counter Currents, vc irá se deparar com a coluna de uma ”eugenista” com sobrenome holandês. Esta senhora, terminou de publicar uma entrevista que realizou com o fundador de uma organização que capta o esperma premiado de ganhadores prêmios Nobel visando a fertilização em mulheres que se interessarem, digamos, pelo empreendimento.

Em um dos trechos da entrevista, que foi realizada nos anos 80, quando o entrevistado ainda era vivo, foi dito por ele que, os ganhadores de prêmio Nobel com histórico familiar de esquizofrenia, não seriam selecionados para participar do banco de esperma premiado…

 
As ricaças não querem ter o trabalho de ter uma ”criança gênio” com ”problema”. O que elas diriam para as suas amigas?? Que veio com defeito de fábrica?? 😉  Quem percebeu que esta ”eugenia” está cheirando a ”empreendimento empresarial” levanta a mão…
 
 
 

Eu volto ao trabalho de Cesare Lombroso e DE TODO O CORPO NÃO-CIENTÍFICO DE EVIDÊNCIAS MILENARES onde se constatou conclusivamente que ”loucura” e ”genialidade” caminham lado a lado.

A quem vocês dariam maior atenção, a um dos maiores gênios da filosofia ocidental, Aristóteles, ele mesmo, um dos fundadores oficiais do método científico, ou a uma auto-declarada ”eugenista”, sem eira nem beira, que NADA de realmente interessante e inovador produziu em sua vida????

É engraçado quando vemos pessoas que não são inovadoras, não são criativas acreditando que podem entender como funciona a criatividade e por conseguinte, a genialidade em seu estado mais puro. É divertido por um lado e insuportável por outro lado.

Correlação e causalidade

 

Esquizofrenia, assim como a maior parte das neurodiversidades, não é um transtorno para a média, mas para extremos. Ou o esquizofrênico está perto de ser um gênio, ou é um gênio, ou ele é extremamente estúpido e perigoso. É claro que existem casos de esquizofrênicos que são medianos, mas será muito mais comum vermos estas pessoas nos extremos da capacidade humana.

Estamos sempre falando de extremos, se estamos falando de genialidade. É difícil entender isso??

Não são apenas correlativas, são indubitavelmente causais. Febre alta é um extremo da temperatura corporal, da mesma maneira que a genialidade é um extremo da inteligência e criatividade.

 

Quer que eu desenhe para você entender?

Não é,

aquele homem é super inteligente, apesar de ter esquizofrenia.

Eu acredito com firmeza, que para a maioria dos casos, a esquizofrenia é um efeito colateral de uma grande capacidade mental, diga-se, que está excessiva. São níveis de capacidade, que o esquizofrênico comum não tem capacidade de controlar e que o esquizofrênico superdotado tem.

Um neurocientista que faz esta afirmação deveria ter o seu diploma caçado. Negar o papel fundamental que a ”doença mental” tem para a expressão fenotípica da genialidade é de uma imbecilidade, que não tem nome.

Se há um grande número de gênios conhecidos do passado, do presente e quem sabe do futuro, que ”sofrem” ou tem alguma personalidade extrema, então como pode ser possível que a genialidade seja independente da ”doença mental”??

Eu já deixei claro, não parece difícil de entender, não foi difícil de reconhecer.

Tudo é um espectro.

A esquizofrenia se manifesta em diferentes níveis em TODOS NÓS. A maioria tem uma quantidade aceitável de genes derivados da esquizofrenia, uma parte tem mais genes do que a maioria enquanto que dois subgrupos minoritários tem ainda mais genes, são os portadores heterozigotos, que estão dentro do esquizo-espectro e os portadores homozigotos, os esquizofrênicos por primazia.

 
Combine graus de esquizofrenia com alta inteligência especializada e você terá um gênio.

É como o vírus do herpes, 90% da população mundial o tem. Será que este vírus tem alguma vantagem??

Temos milhões de bactérias que ajudam o nosso corpo em diversas funções.

”Genes” são patógenos decantados, são vacinas naturais que produzimos depois de muita seleção.

 
A ”eugenia” de analfabetismo funcional que estes eugenistas estão propondo se baseia na falta de conhecimento APROFUNDADO e simplificado em biologia, genética, história, psicologia, antropologia e filosofia.
 
Estas pessoas transformaram o estudo de Lewis Terman em um bíblia sagrada de conhecimento e agora querem eliminar justamente a genética que produz as variedades de fenótipos criativos nas populações humanas, e especialmente na europeia.
 

Não entendem o que é, como funciona e onde se encontra a criatividade… 🙂

 
Ao invés de entender o verdadeiro papel da esquizofrenia na promoção da genialidade e encontrar meios para adaptar a sua variação heterozigota na população,  visto que já está provado que existe uma causalidade entre as variações mais modestas da doença e a criatividade, estes malucos (sim, os normais são os verdadeiros malucos, quem não tem consciência de si, é um louco adaptado, pronto para aprontar sem responsabilidade real) pretendem cortar pra fora a genética da excepcionalidade humana.
 

Pra quê??  Para criarmos Cingapuras??

 

Tudo isto deriva da essencialidade dos problemas humanos, que se chama dualidade. No entanto, tudo aquilo que existe está sob este fundamento primordial, é um capricho da natureza. Existe a diferença para que haja competição. O atrito é a existência e o meio mais simples de induzir competição ou atrito é por meio da dualidade. É o arco- íris.
Aristóteles inventou, ao menos no Ocidente e ao menos de maneira oficial, o método científico. Eu não duvido que em civilizações mais antigas, já se utilizassem de métodos semelhantes de experimentação observacional dos fenômenos.

No entanto, desenvolveu-se uma maneira radical de experimentação em que ou uma teoria está correta ou a outra teoria está. Dualidade??

Em casos raros em que algo estará 90% errado. No mais, pode até ser que este algo, que está 90% errado, possa em seus 10% de acerto, estar muito mais certo do que os 90% de acerto de outra teoria. No fim, quando uma teoria é desconsiderada, toda ela também será, enquanto que poderíamos usar a ponderação e buscar por partes desta teoria que não estão erradas. Se vemos palavras, ideias e conceitos como algo real, então por que não poderíamos desconstruí-los como se fossem estruturas inanimadas concretas??
O pensamento binário foi ”o responsável” pela teoria do germe gay que eu já mostrei que encontra-se incompleta, ao desprezarmos todas as suas possíveis perspectivas, estaremos vendendo parte da imagem. Isso é desonesto e preguiçoso.

O pensamento binário é o responsável por boa parte da lentidão da ciência e especialmente, das ciências humanas e da psicologia.

Inteligência= bom
Saúde= bom

Genialidade= muito bom   saúde= muito boa???
 

O mundo não é apenas dual, ele também é complexo, visto que os extremos se relacionam e um extremo ”precisa” do outro para que possam existir.

Doença mental= ruim
 
Doença diferente de saúde
 

Estupidez = ruim

inteligência= bom
 

Inteligência igual saúde??

inteligência = saúde    Doença mental= estupidez

Sempre assim???

 

Pois eu vou mostrar a vocês que não é e que é a melhor maneira
 
Dualidade= método científico tradicional
Preto ou branco, certo ou errado
 
Múltiplas perspectivas = método científico proposto
Preto, marrom escuro, marrom normal, marrom claro, bege … cinza escuro, cinza normal, cinza claro, branco,
 
certo, predominantemente certo, meio-certo, neutro, predominantemente errado, errado
 
 
 

A vaca sagrada no meio da sala

 

Os muçulmanos em média e especialmente os homens, não costumam ser flor que se cheire. Eu concordo. Uma das re-descobertas ou organização sequencial de evidências realizada por Hbd Chick, sobre o papel do estilo de acasalamento no comportamento humano, encontrou que os casamentos consanguíneos podem produzir, quando em larga escala, uma população tribalista e mais conservadora.

Mas no Oriente Médio, todo mundo é assim. Inclusive os judeus…

Eu me lembro, sim, porque eu tenho uma memória estranha porém eficiente para lembrar aquilo que é relevante… que quando eu comentei sobre o comportamento judeu no Ocidente e sobre a semelhança com o comportamento dos islâmicos, uma sensação de mal estar começou a pairar sobre o recinto digital hbd.

Será que esta intensa admiração pelos judeus ashkenazim atinge proporções tão altas que ”eles” passaram a desprezar muitos dos seus defeitos consideráveis?? Tudo é qi e realizações??

Por exemplo, habituou-se a definir como realização, apenas aquelas que são de natureza científica, mas onde está a cultura, a filosofia, as artes…

Por que não existem prêmios Nobel de filosofia, de artes, de cultura??

Será que Portugal moderno é um país tão pouco produtivo assim para ser considerado como uma sombra do seu passado?? Será que desprezamos realizações culturais quando afirmamos que uma nação que produziu Fernando Pessoa, quando já não era um império ultramarino, nada de útil produziu desde 1800???
Será que estamos desprezando gênios e semi-gênios da música instrumental moderna por gênios sacralizados do passado??
 
 
 
Não apenas na Holanda.
 
Não há dúvidas que o acontecimento em Roterdã, em que milhares de garotas nativas foram sexualmente violentadas de maneira constante por um longo período, merece todas as nossas atenções, de pessoas verdadeiramente sensíveis, que sangram de ódio e tristeza pela caminhada da humanidade nos dias atuais.
Alto qi= comportamento primitivo??
 

Mas fingir que nada está acontecendo na Palestina é tão vil e maquiavélico que fingir que milhares de holandesas de 12 anos foram violentadas por muçulmanos em sua própria terra natal.

 

Os hbds se habituaram a falar sobre os elefantes de marfim na sala da ideologia liberal. Mas e a vaca sagrada de que falei agora, será que eles também vão continuar a desprezá-la??
 
 
Cada um despreza aquilo que menos lhe convém??
 
As atuais guerras no Oriente Médio são apenas a manifestação de séculos de casamentos endogâmicos, somente isso???

 

As minhas decepções sobre muitos aspectos desta não-tão-nova linha de pensamento racional, lógica, objetiva e prática, estudar e entender a biologia humana, talvez nem se baseiem em especificidades, mas em minha teimosia ao afirmar que o método científico habitual é radical e parte de pressupostos mais profundos, que mantém nossas mentes mais primitivas, a dualidade.

Anúncios

About santoculto

Email ataudecinzento@gmail.com

3 responses to “Eugenia analfabeta e hbd decepção parte 2”

  1. FABIO RIBEIRO says :

    eu concordo com voce. eu estudei no melhor colegio do rio, era bom em matematica tava cursando uma federal e fui posto a força no hospicio, perdendo a faculdade. se tem uma coisa que odeio é nazismo pois eles se baseiam nessa eugenia que é pura falsidade. na cabeça do nazista, o fraco e defeituoso não deveria reproduzir. claro que deficientes mentais na linha down e autista nunca vão se reproudizir, entao o ódio deles é pelos esquizofrenicos(mesmo sendo maioria branca) e pelos negros, pois saõ estes que podem se reproduzir. por isos eu odeio nietzsche. e tipo, esses nazis tentam falar como se eles fossem a mais pura verdade no mundo, eles dizem qu]e a humanidade precisa melhorar e virar super-homem e usam todo um esoterismo pra justificar isso, aí eles dizem que são a maior verdade no mundo e que quem pensa diferente deles é ”sionista” etc. ou seja, eles só querem convencer a pessoas como eu que eles saõ a maor verdade do mundo mostrando pra mim esoterismos, alegando que eu mereço ser eliminado por esse motivo. por esse motivo eu passei a odiar a humanidade, odiar religiões, esoterismo, politica etc eu penso apenas em mim e odeio a todos. sou egoísta mesmo. muitos deles na época do orkut estavam me ameaçando e falando merda pra mim, eu duvido algum deles vier fazer isso pessoalmnete na rua, ainda mais comigo portando armas brancas comigo. a humanidade é lixo mesmo, eu odeio a humanidade, apenas votei no aecio hoje pois acho que comunismo iria me prejudicar bastante por causa da minha situaçaõ social.

    • santoculto says :

      Apenas uma pergunta, você é esquizofrênico Fabio??

      Sim, eu me transformei em um misantropo de marca maior,kkkkkk

      Eu fui simpatizante do nazismo quando era mais jovem, hoje vejo que é farinha do mesmo saco.

      E fez um mal tremendo à raça branca.

  2. santoculto says :

    Te internaram em um hospício por que???? 😦

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

De:RefémdoDrDeus Para:Deprimente mundo Assunto:Denúncia de maus-tratos a pensadores

...e Deus criou a Ângela,desapontado com a nossa Eva.Apresento-vos o meu "disco rígido" ...

renanbarreto88

Just another WordPress.com site

Castro456's Blog

O medo do nada

Delusions of Adequacy

And You Thought You Might Have Had Delusions of Grandeur

PARTO DE IDÉIAS

"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância." Sócrates.

Pshelinha

Um pouco de mim..

Pensar Novo

"Saber que você precisa mudar não é suficiente. Você precisa ter a coragem de fazer esta mudança." Robert Kyosaki

Mind Hacks

Neuroscience and psychology news and views.

Inside Perspectives

of Asperger Syndrome and the Neurodiversity Spectrum

Agoraphobia Subliminal Hypnosis

Come out of the woods, the dark, come into the light. As a recovered agoraphobic, I've designed these audios over many years in order to help you. Charles K. Bunch, Ph.D.

Antimidia

Textos sem sentido, para leituras sem atenção, direcionados às pessoas sem nada para fazer.

%d blogueiros gostam disto: