A favor da educação holística (autoconhecimento) em casa

Retalhe a personalidade do seu filho, jogue-o na ”escola” e veja sair de lá um zumbi ou um traumatizado.

NÃO CAIA NO CONTO DO PROFESSOR. Ninguém é obrigado a frequentar a escola. Todos nós nascemos com predisposições genéticas. Somos feitos de ”genes”. NÓS SOMOS NOSSOS ”GENES”. Seu filho não vai se tornar mais inteligente se frequentar a escola. Socialização e diversidade de tipos de personalidade e inteligência não funcionam.

Seu filho pode ser uma joia rara, um diamante bruto, e não é obrigado a se submeter ao sistema de mentiras e crenças que se baseiam as escolas e a pedagogia ”modernas”.
Algumas pessoas nasceram para não socializar ou socializar pouco E NÃO HÁ NADA DE ERRADO COM ISSO.

Se seu filho nasceu com fome de conhecimento, não se preocupe, porque ele irá buscá-lo. Se não nasceu com esta tendência, então, mais vale um estúpido ignorante do que um estúpido com conhecimento.

Pense numa pessoa com uma granada de mão que não sabe manuseá-la.

Escola e reino animal

A socialização é uma necessidade da PERSONA COLETIVA ANIMÁLIA, os vestígios do comportamento animal na espécie humana.

Se a escola não é capaz de aumentar a inteligência real de ninguém então pra quê continuar a sujeitar o seu filho a esta tortura?? Por que a escola continua a ser praticamente imposta pelo governo??

A escola é um simulacro da vida adulta em uma típica sociedade humana, dita civilizada, onde a maioria segue mais ou menos as regras sociais enquanto que uma minoria se aproveita disso e burla as regras. As elites são forjadas com base nesta ignorância ou psicologia de gado. Nem os seguidores de regras estão totalmente corretos, nem os burladores das regras.

Na escola, a socialização se baseia na lei do mais forte. Esqueça bondade, gentileza, originalidade ou inteligência real. O que importa é o poder, o status, a aparência ou a força física. É o mundo animal, é a cadeia alimentar, é a subjetividade, é a inconsciência animal coletiva da mente humana.

Se o seu filho for uma jóia rara, ele não deve ser exposto sem segurança ou conhecimento a este tipo de ambiente. O mais correto é evitar colocar seu filho na escola, mas parece que mais do que um ”direito”, a escola é uma OBRIGAÇÃO imposta pelo poder estatal.

Como resultado, a maioria dos pais são obrigados a matricular seus filhos nas escolas. Você deve educar seu filho a suportar os anos de escola, se for possível fazê-lo. As demandas e a capacidade de ”sobrevivência” no mundo simulacro animália que se consiste a adolescência, devem ser analisadas desde o início. Alguns serão sensíveis demais e é totalmente aconselhável retirá-los deste pseudo-convívio.

As pessoas estúpidas acreditam que só se pode saber algo, se for vivenciado. Aquele que não consegue encontrar e construir padrões lógicos, de se antecipar aos eventos, irá experimentar sem deduzir logicamente, por pura ignorância. E o pior, ele não conseguirá entender a sua experiência. Isto é muito comum de acontecer.

A adolescência é uma fase muito sensível e é onde todos os vícios e virtudes serão finalmente fixados. Para aqueles que viveram uma adolescência ruim e que são mais sensíveis do que o resto, existe uma grande chance dos vícios predominarem e se sobreporem às virtudes. Pense em transtorno pós-traumático de longo prazo provocado por 10-15 anos de predação e sadismo por parte dos sub-humanos destituídos de caráter que ”conviveram” com estas jóias preciosas.

A escola só serve para espalhar propaganda estatal, para causar transtorno pós-traumático nas pessoas de caráter e altamente sensíveis, para elevar os sociopatas ao posto de ”reis” da cadeia alimentar humana e para enganar o gado sobre os supostos efeitos mágicos da educação na ”promoção da inteligência”. Se a escola não é capaz de aumentar e nem de promover a inteligência de maneira concreta e objetiva, especialmente com pessoas estúpidas, ela será muito menos capaz de identificar e promover criatividade. Inovadores e educadores são inimigos de primeira ordem.

Os solucionadores de problemas ou inovadores raramente levam vida fácil na escola. Os professores tendem a ter uma enorme dificuldade para reconhecer, identificar, desenvolver e promover os talentos dos alunos realmente criativos e portanto inovadores.

Portanto, a escola não funciona, não serve para selecionar os melhores alunos, de diferentes capacidades, isso sem levar em conta que é um antro de propaganda de gado, que se baseia na ”igualdade”. Ela suprime o gênio, o homem de caráter e todos os tipos virtuosos da espécie humana. A escola é um depósito de seres humanos e é um experimento onde nota-se que a mente coletiva da espécie humana é idêntica ao dos outros animais.

Se o seu filho é especial, não o deposite nestes locais. A melhor educação é a educação de si mesmo, conhecer os pontos fortes e fracos. A socialização acontece naturalmente, por meio de parentes mais próximos como primos. A socialização na escola é forçada e baseia-se em falsas premissas, resultando em muitos problemas emocionais para os seres humanos mais importantes e especiais. Estes problemas, podem se estender por toda uma vida. Portanto, não há a necessidade de se acreditar que a escola promove a socialização.

Aprendemos ao longo da vida adulta, que somos nós quem escolhemos nossas amizades. Evitaremos o convívio com tipos discrepantes aos nossos, o máximo que pudermos. Os primeiros 20 anos de vida de um ser humano são muito importantes e muitos precisarão de ajuda especial.

Ao retirar seu filho do colégio por exemplo, você não estará super protegendo-o, como deve estar imaginando. Sim, ele terá de conviver com as outras pessoas na vida adulta e você deve promover isso, mas sem entregá-lo a terceiros que estão saturados demais, de responsabilidade e de promessas inúteis, que raramente se concretizarão.

Ao ensinar o seu filho sobre si mesmo, e se ele for capaz de entender isso, portanto, a capacidade mental é importante, ele com certeza que aprenderá a funcionar melhor na sociedade muito mais do que, se for doutrinado a acreditar que lousa e giz irão fazê-lo uma pessoa melhor.

A melhor educação é o autoconhecimento. O faça se conhecer e ele saberá mensurar suas próprias dimensões e aprenderá a lidar com os outros, usando os seus melhores atributos. Para conhecer o ambiente, deve-se se conhecer primeiramente.

Anúncios

About santoculto

Email ataudecinzento@gmail.com

21 responses to “A favor da educação holística (autoconhecimento) em casa”

  1. Davi says :

    Concordo. A melhor educação é o autoconhecimento. E não uma repetição e “gadização do ser humano”. E que a “maravilhosa educação” irá abrir a mente, criando um país de igualdade…
    Tudo, tudo o que eu aprendi, eu aprendi fora da escola.
    Ainda bem que esse inferno está acabando para mim… \o/

    • santoculto says :

      A mesma coisa que vc, se tivesse dependido de escola, estaria ferrado.

      Aqui, não quero te desanimar não, mas vc ainda tem que fazer faculdade né??

      As universidades brasileiras estão uma espécie de continuação do ensino médio.

      • Davi says :

        Exatamente… Está uma continuação do ensino médio. Já ouvi isso há tempos… Agora você também…
        Não sei exatamente se vou fazer faculdade ou se preciso. Mas se você não fazer faculdade você não existe.
        A propósito. Você faz faculdade? E em que especialização?? 🙂 por curiosidade…

        • santoculto says :

          Fiz Geografia e por agora, gostaria de fazer mestrado em outra matéria, como filosofia, gostaria de reunir uma com outra. Tentei fazer mestrado em psicologia, mas as inscrições já terminaram faz tempo, infelizmente. 😦

          Fiz faculdade da mesma maneira que passei pela escola pública brasileira, com base em nenhum interesse e me aproveitando tímida e involuntariamente das brechas do estado que praticamente te empurrando pra passar de ano.

          E vc, em que pretende se especializar?

  2. Davi says :

    Bem… Eu me interessou por várias especializações… Por exemplo já pensei e penso em Filosofia, letras, psicologia, artes, engenharia, arquitetura… Mas não sei ao certo. E estou muito indeciso. … Me interessou na mesma proporção por filosofia, artes, psicologia e letras… Mas na verdade, eu só quero criar histórias, mundos, universos, poesias, personagens, raças… O baralho a quatro 🙂

  3. Davi says :

    Me sinto estranho em falar sobre mim para outras pessoas… Sou desconfiado ao extremo… kkk

    Mas vamos… Como pontos fortes eu considero minha parte criativa… Principalmente para criar cenários, personagens em suas partes mais profundas emocionalmente, poesias, letras de músicas e tudo que envolve ficção e uma mistura com realidade. Eu consigo consigo identificar facilmente sentimentos em outras pessoas, analisando todo o seu corpo e movimentos, olhos, mãos, etc… . Sou muito observador.

    Os pontos fracos; eu sou muito protelador, me irrito facilmente, sou paranóico com quase tudo, e tímido, e horrível em matemática…

    Eu falei superficialmente alguns pontos fortes e fracos… É que eu estou com sono… Se não fosse isso escreviria um texto rsrsrsrs o que você achou das pontos?

    mas quem sabe eu não possa falar mais… Me passa seu email!

  4. Fada do bosque says :

    Boa Santoculto… acertou em cheio:
    “mais vale um estúpido ignorante do que um estúpido com conhecimento.” Nós por cá, chamamos a um estúpido com conhecimento o o “chico esperto” filho da esperteza saloia. 🙂

    Tem aqui um texto de um génio português, Almada Negreiros, sobre esse assunto e num excerto de um texto relativamente pequeno diz tudo:

    “O maior perigo que corre o ingénuo: o de querer ser esperto. Tão ingénuo que cuida, coitado, de que alguma vez no mundo o conhecimento valeu mais do que a ingenuidade de cada um. A ingenuidade é o legítimo segredo de cada qual, é a sua verdadeira idade, é o seu próprio sentimento livre, é a alma do nosso corpo, é a própria luz de toda a nossa resistência moral.
    Mas os ingénuos são os primeiros que ignoram a força criadora da ingenuidade, e na ânsia de crescer compram vantagens imediatas ao preço da sua própria ingenuidade.

    Raríssimos foram e são os ingénuos que se comprometeram um dia para consigo próprios a não competir neste mundo senão consigo mesmos. A grande maioria dos ingénuos desanima logo de entrada e prefere trilhar no jogo de honra, do mérito e do valor. São eles as próprias vítimas de si mesmos, os suicidas dos seus legítimos poetas, os grotescos espantalhos da sua própria esperteza saloia.”

    http://marecinza.blogspot.pt/2014/03/fora-de-tempo.html

    Veja o que diz o criminoso do Rothschild sobre a educação neste post, que intitulei: Escolas são laboratórios:

    http://marecinza.blogspot.pt/2014/04/as-escolas-sao-laboratorios.html

    Parece que já somos alguns horríveis em matemática… embora o Universo seja construído por números… porque será?

    Um grande abraço. 😉

    • santoculto says :

      Eu sou horrível em matemática porque sou bom com as palavras. Uma compensação, meu pai e meu irmão canhoto mais velho são bons, eu puxei a inteligência da minha mãe.

      O meu irmão do meio puxou a inteligência de ninguém.kkkkkkkkkkk, acho que ainda há tempo de colocá-los na fila da adoção apesar de já estar beirando os 30,kkkkkkkkkkkkk

      Muito obrigado pelo link, parece muito interessante.

      Sim, a elite global empurra a educação tu achas por que??

      Um abração pra ti tb!!!

  5. Fada do bosque says :

    Assim aconselho o Davi, ele que me desculpe, a competir consigo mesmo e a eliminar os seus pontos fracos. Um trabalho que começado na juventude dará frutos maravilhosos e é assim que se lapidam diamantes em bruto, como parece ser o caso…

  6. santoculto says :

    Fada do Bosque,
    já havia lido este texto antes, fiquei impressionado com a veracidade destas palavras. No entanto, a destruição da humanidade começa com a destruição do seu potencial e para isso, é necessário produzir a disgenia, onde os seres humanos mais inteligentes são manipulados para não mais produzir famílias. Os únicos que são capazes de se revoltar contra a elite é a classe média. Pq tu achas que os ”filósofos” da academia esquerdista ocidental odeiam a classe média, especialmente a branca*

    Não é apenas uma questão de inteligência, veja os asiáticos com médias de inteligência técnica maiores que a dos europeus. O homem branco é o único que pode conter esta elite que sabemos de qual raça está cheia e por isso é o primeiro da fila a ser misturado, perdendo as suas qualidades mentais, especialmente, que são produto de séculos de seleção.

  7. Lais says :

    Exato!! ótimo post…
    Olha, eu sai da escola traumatizada, não consegui me socializar e na verdade nem queria, eu só via um bando de idiotas, por isso fui massacrada pois não fiz nenhuma amizade sequer e as pessoas começaram a me desprezar por isso. Por causa dessa dificuldade em me socializar, mal conseguia me concentrar, trabalhos em grupo eu estava mais preocupada que não conseguiria ninguém para fazer o trabalho comigo do que no próprio trabalho, apresentar trabalho na frente do grupo para mim era um martírio, então eu faltava… Bom, sai traumatizada e não quis fazer faculdade, por falta de capacidade cognitiva? não! eu apenas não quis mais participar de uma sala de aula cheia de gente idiota que só se preocupa em ser popular, professores tendenciosos e obrigação em fazer “amizades”… uma pena, hoje não tenho uma profissão bem remunerada, estudo em casa para mim mesma, estudo meus interesses e sei que não vai servir para “ganhar dinheiro” estudo em casa por prazer, foi o que me restou, pois uma pessoa que não se socializa, pelo menos no Brasil, esta fadada a isso, ninguém respeita a individualidade nesse país, odeio o “calor” brasileiro, só quero ficar na minha, mas o preço disso é o fracasso financeiro…

    • santoculto says :

      Obrigado pelo seu depoimento Laís!! De fato, o tal “calor” brasileiro é com certeza, um dos principais problemas estruturais de nosso país e como consequência, de nosso povo. É a causa-mãe de todos os outros problemas que fazem nossos cotidianos mais pobres. No Brasil,as experiências pessoais diárias raramente se encontrarão em uma constância positiva, de enriquecimento, porque a maioria dos brasileiros ainda estarão tentando inutilmente acertar o básico. As pessoas nem fazem por mal, todos sempre dão o seu melhor. O “problema” é que existe uma clara desigualdade de tipos comportamentais humanas. O problema real é a cegueira coletiva em relação à esta natural variedade. Para pessoas inteligentes como você, o Brasil é um calvário. E que com a psicose do “somos todos iguais”, só irá piorar.

      • Lais says :

        Esse é o ponto, “somos todos iguais” é a frase dita como verdade absoluta mais errada que existe rs e ninguém enxerga… triste.

        • santoculto says :

          Sim. A maioria das pessoas tendem a apresentar problemas na capacidade de pensamento abstrato que em conluio com a forte tendencia para a psicologia de gado, faz com que abracem contradições apenas como maneira de se sentirem socialmente bem consigo mesmos. A dogmalogia do igualitarismo insano nega completamente a existencia da genialidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

De:RefémdoDrDeus Para:Deprimente mundo Assunto:Denúncia de maus-tratos a pensadores

...e Deus criou a Ângela,desapontado com a nossa Eva.Apresento-vos o meu "disco rígido" ...

renanbarreto88

Just another WordPress.com site

Castro456's Blog

O medo do nada

Delusions of Adequacy

And You Thought You Might Have Had Delusions of Grandeur

PARTO DE IDÉIAS

"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância." Sócrates.

Pshelinha

Um pouco de mim..

Pensar Novo

"Saber que você precisa mudar não é suficiente. Você precisa ter a coragem de fazer esta mudança." Robert Kyosaki

Mind Hacks

Neuroscience and psychology news and views.

Inside Perspectives

of Asperger Syndrome and the Neurodiversity Spectrum

Agoraphobia Subliminal Hypnosis

Come out of the woods, the dark, come into the light. As a recovered agoraphobic, I've designed these audios over many years in order to help you. Charles K. Bunch, Ph.D.

Antimidia

Textos sem sentido, para leituras sem atenção, direcionados às pessoas sem nada para fazer.

%d blogueiros gostam disto: