Verdade objetiva e verdade subjetiva

A verdade objetiva é aquilo que você vê. Aquele que nega que a verdade exista ou que diz que a verdade é relativa E DEPOIS NÃO EXPLICA O PORQUÊ de sua conclusão ou afirmação, é um farsante, da mesma maneira que uma galinha que quer voar também é uma farsante.

Quando eu olho para uma pedra, isto se consiste na verdade, visto que a pedra existe. No entanto, esta verdade é objetiva. No nosso mundo existem dois tipos específicos de verdade, a objetiva e a subjetiva.

Quando a verdade não pode ser vista a olho nu e no entanto ela existe, então a denominamos como verdade subjetiva. Por mais que a pedra tenha vários ângulos de visualização ela continuará sendo uma pedra. No entanto, uma abstração já será em sua essência, desfragmentada e portanto, o seu conceito assim também será.

A verdade daquilo que vemos de maneira direta é só uma. Em compensação, a verdade daquilo que o ser humano fabrica em sua mente, visando a construção de abstrações numéricas, a visualização de padrões e transformação disto em uma realidade, semelhante a da verdade objetiva, apresentará muita nuances e a escolha por aquele fragmento que mais lhe apetece, será uma escolha subjetiva.

Então, se para cada verdade objetiva existem 100 ou mais verdades subjetivas, então é necessário dar um corpo concreto à subjetividade, visto que, ela se constitui no elemento mais importante que produz as civilizações. Todas as civilizações se baseiam consideravelmente mais na verdade subjetiva do que na objetiva, por razões óbvias. A verdade subjetiva se baseia inerentemente na verdade do homem enquanto que a verdade objetiva é indiferente a ele.

As civilizações caem ou entram em estado de inanição quando a verdade subjetiva se aliena completamente da verdade objetiva, visando produzir uma sociedade utópica, sem as ferramentas básicas para a produção de sustentabilidade em um mundo real.

A escolha do melhor caminho, o caminho do meio

A melhor escolha sempre será a do caminho do meio, especialmente se estivermos falando da verdade subjetiva, visto que enquanto esta se encontra desfragmentada desde o seu próprio conceito e portanto essência, torna-se necessário encontrar o ponto de nascimento, a fonte da água deste conhecimento, visando com isso reunir todas as peças, sem uni-las, o que se consistiria na transformação radical e irresponsável da verdade subjetiva em verdade objetiva, basicamente aquilo que a demência coletiva, autodenominada de ”humanidade” tem feito em toda a sua trajetória maltrapilha.

A escolha do meio não é uma escolha em si, mas a aceitação da complexidade e semelhante à verdade objetiva, é a aceitação daquilo que é, é a neutralidade, a negação do ego em prol da essencialidade e portanto da totalidade.

No entanto, é fácil aceitar o conceito de uma pedra. Complicado é entender como a força motriz que fez e faz todas as civilizações humanas pode ser simplicada e entendida.

Nada é 100%, errado ou certo, dentro do mundo abstrato fabricado pela mente humana, a verdade subjetiva. No entanto, algumas premissas estarão mais próximas da verdade objetiva do que outras. Isso nos faz concluir que existe uma hierarquia, onde algumas ideias são mais funcionais e ou importantes do que outras.

Algumas ideias são como nave-mães, que regem outras ideias, são hierarquicamente mais importantes, mas elas não estão 100% corretas e portanto necessitam do auxílio das outras ideias para funcionar. Uma nave-mãe não faz verão.

Anúncios

About santoculto

Email ataudecinzento@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

De:RefémdoDrDeus Para:Deprimente mundo Assunto:Denúncia de maus-tratos a pensadores

...e Deus criou a Ângela,desapontado com a nossa Eva.Apresento-vos o meu "disco rígido" ...

renanbarreto88

Just another WordPress.com site

Castro456's Blog

O medo do nada

Delusions of Adequacy

And You Thought You Might Have Had Delusions of Grandeur

PARTO DE IDÉIAS

"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância." Sócrates.

Pshelinha

Um pouco de mim..

Pensar Novo

"Saber que você precisa mudar não é suficiente. Você precisa ter a coragem de fazer esta mudança." Robert Kyosaki

Mind Hacks

Neuroscience and psychology news and views.

Inside Perspectives

of Asperger Syndrome and the Neurodiversity Spectrum

Agoraphobia Subliminal Hypnosis

Come out of the woods, the dark, come into the light. As a recovered agoraphobic, I've designed these audios over many years in order to help you. Charles K. Bunch, Ph.D.

Antimidia

Textos sem sentido, para leituras sem atenção, direcionados às pessoas sem nada para fazer.

%d blogueiros gostam disto: