O que é a hiperrealidade??

A hiperrealidade é o lugar onde você deixa de ser escravo de si mesmo e passa a criar em meio à realidade, porque as criações só são duradouras se forem criadas em um mundo real.
Pode haver fantasia e sonhos na hiperrealidade e mais do que nunca (parafraseando um inseto), você poderá vivenciá-las se quiser.

A crença é como a pílula azul da série Matrix.

Tal como no filme Matrix, a crença é como a pílula azul, onde a partir do momento em que você se encontrar em ponto de escolher qual dos dois caminhos a seguir, a mesma representará a decisão de não prosseguir pelo caminho da verdade, realidade ou hiperrealidade.

Realidade e hiperrealidade são a mesma coisa?

A hiperrealidade é uma extensão lógica da realidade. A matrix é a bolha fechada em si mesmo, em sua genética programada para seguir o rebanho ao invés de criar o próprio caminho.

A realidade é a existência daquilo que existe ou daquilo que se pode ver, é a visão imediata tal como quando você vê um pedra. Isto se consiste na realidade e na verdade.

A hiperrealidade é o mundo da criação, dentro do mundo da realidade. É onde a criação da própria vida se localiza. É o entendimento de si mesmo. É a destruição da bolha do qual está trancafiado. É a possibilidade de automelhoramento.

Somente um médico pode analisar um paciente, porque o médico não é o paciente, ele exibe uma visão do todo do paciente e se o profissional for de excelente capacidade, então ele conseguirá compreender consideravelmente bem o que se consiste a pessoa que está avaliando.

A capacidade de enxergar padrões é como a metáfora das diferentes perspectivas e ou da hierarquia da perspectiva holística.

Alguém com esta capacidade é capaz de enxergar padrões da mesma maneira que uma pessoa que está em um balão a muitos metros de altitude também pode encontrá-los na superfície terrestre. Aquele que pode fazer isso, também tenderá a enxergar os outros como formigas da mesma maneira que alguém em um avião também irá fazê-lo. Eu já mostrei nos meus primeiros textos que foram publicados neste blog sobre a importância desta habilidade para o conceito puro de inteligência.

O mundo de ilusões da espécie humana para duas finalidades PROCRIAÇÃO e COMPETIÇÃO

Em um mundo hiperrealista, todos teriam a possibilidade de manter relações das mais diversas naturezas com outras pessoas, se pudesse e quisesse. No entanto, vivemos em um mundo totalmente construído por meio de ilusões, que foram construídas ‘pela’ cultura e pela religião.

Com a evolução da inteligência humana, foi necessário a criação de crenças para que as comunidades pudessem ser organizadas, hierarquizadas e se tornassem coletivamente funcionais. O sistema de crenças humano é uma substituição do instinto bem como das estratégias comuns que estão presentes no meio natural, que se baseia na produção genética de gerações e gerações de indivíduos muito parecidos em comportamento e em características biológicas gerais dentro de uma mesma espécie. Eu denomino esta estratégia de TRANSCENDÊNCIA COLETIVA.

A ”supressão” do indivíduo, que não se dá de maneira consciente, é a tática que mais prosperou em todas as vidas simples e complexas da natureza. Todas as espécies, pelo que tudo indica, são equipadas com uma maioria de tipos bioculturalmente comuns, que replicam as estratégias de comportamento PARA reprodução, sobrevivência da espécie e competição interspécie ou intraespécie.

A hiperrealidade nos diz que a evolução é cega, caótica, inconsciente e portanto irresponsável por seus atos. Ela também nos diz que NÃO EXISTE NENHUMA RAZÃO RACIONAL para que estes padrões existam. Eles existem porque os fatores imediatistas que encapsulam e determinam as estratégias coletivas de seleção e evolução de cada espécie assim ”determinaram”, mas isso não se deu por meio da harmonia.
Ao contrário do que se acredita, a harmonia não pode ser observada neste nível. Ela existe enquanto natureza primordial que produziu o atrito que por sua vez produziu o mundo em movimento, quando duas forças opostas entram em harmonia.

No entanto, ela ainda está bem longe de ser uma realidade para as vidas simples e complexas deste Planeta.

A ciência é a exacerbação da vontade humana de encontrar padrões. O primeiro passo para entender a realidade é esse, mas é o só o primeiro passo… O último passo é reconhecer que todo o padrão é resultado de similaridade e que a similaridade é resultado da replicação de similares visando objetos em comum.

Eu posso ser ainda mais debochado e ousado e te dizer que, tudo o que faz, escuta, emula e é impulsionado para sentir, pode ser resumido em duas ações

PROCRIAR
e
COMPETIR

Os seus genes em conluio com os patógenos que estão interagindo com você, da mesma maneira que partículas microscópicas estão sempre interagindo com a superfície da Terra, podem determinar desde a sua concepção, quando os genes do seu pai se misturam com os genes da sua mãe ou da família da sua mãe, em como você irá entender, interagir e ver o mundo.

O Planeta Terra vive a sua própria Matrix, é a alienação para o que acontece fora de sua atmosfera.

Segurança é saúde, segurança é alienação, saúde é alienação

As pessoas mais saudáveis do mundo, que nunca tiveram nenhum ”problema” mental que pudesse provocar um terremoto em suas percepções pessoas, vivem vidas praticamente inconscientes, baseado na alienação e na ”retroalimentação” de suas almas superprotegidas pela ”verdade” fabricada pelos meios de controlo da sociedade que como eu disse antes, visam especialmente a reprodução e a competição.

Estas pessoas ”normais” estão em segurança, onde as suas atmosferas (sistemas imunológico) as protegem do mundo lá fora. Elas geralmente são saudáveis e tranquilas. O mundo está se acabando na vizinhança mas elas não podem ver isso.

Como eu disse neste texto, aquele que não sente que existe algo de errado em si, dificilmente vai sentir o atrito que existe ao seu redor, da mesma maneira que a Terra é indiferente ao mundo de múltiplas interações, choques, destruições, violência, que existe para fora de sua atmosfera.

A maioria das pessoas comuns também são indiferentes porque suas atmosferas, destroem todos os possíveis impactos.

VER O MUNDO COMO ELE REALMENTE É, É SENTÍ-LO EM SUA TOTALIDADE

Como também falei no texto sobre Matrix e lavagem cerebral, que postei acima, as pessoas normais tendem a apresentar cérebros filtradores, que são eficientes em filtrar as informações mais relevantes para uma determinada situação.

Eu não sei quanto a vocês, mas eu sinto que isto se assemelha PERFEITAMENTE ao mundo de hoje, onde os meios de desinformação oficiais filtram as informações mais importantes para o gado.

Você não precisa de inimigo se tem um cérebro que te sabota e trabalha em harmonia com os psicopatas que estão no poder.

Os cérebros não-filtradores ou com baixa capacidade de inibição latente, tendem a captar todas as informações ou, a maioria das informações que estão interagindo com ele. Isso não quer indicar que todo aquele com esta ”anomalia” (sim, a ciência dos normais acredita que isto é um problema, uma anomalia, será que eles vão encontrar a cura para este ”transtorno mental” algum dia desses??=) será um mestre na capacidade de discernir o que é real e o que é fabricado. Na verdade, existe um longo espectro que separa os normais dos hiperrealistas, que eu chamaria de gênios ou de sábios genuínos.

As pessoas como configurações cerebrais anômalas e portanto, com potencial para enxergar a hiperrealidade, nem sempre conseguirão chegar à ela, visto que a natureza aleatória que se consiste esta condição, pode resultar na criação de bolhas de matrix individualizadas ao invés de bolhas individuais neurologicamente similares.

Os gênios ou sábios genuínos são estas pessoas extremamente raras que conseguem enxergar o mundo hiperreal, que alguns denominam como ”loucura”, sem o risco de caírem na armadilha de satanás, quer dizer, na possibilidade de fechar parte desta realidade para a criação inconsciente da própria bolha de ilusão. É aquele que consegue se enxergar fora-do-corpo, que consegue se ver em diferentes perspectivas e que portanto, pode manipular objetos, ideias ou pessoas de igual maneira.

Os psicopatas também apresentam esta capacidade, no entanto, eles são extremamente inconscientes de si mesmos.

Portanto, a genética é ao mesmo tempo a principal explicação para a existência do comportamento de gado na espécie humana assim como também é razão para o qual não devemos, nós os hiperrealistas, em acreditar que se possa mudar a mente de uma pessoa por meio da dissuasão. Da mesma maneira que ateus não podem mudar a crença de teístas genuínos.

SOLUÇÕES PARA ESTE PARADIGMA

Se não se pode mudar as opiniões da maioria das pessoas, então é importante manipular a Matrix individuais dessas pessoas. Da mesma maneira que atualmente, as pessoas que estão no poder fazem, diga-se, um trabalho excepcional, de gênio.

Se a montanha não vai a Maomé, Maomé vai à montanha.

Se você, sendo um hiperrealista, agora entende que são necessárias predisposições genéticas para ser alguém semelhante a ti, bem como também para ser parte do gado, das massas humanas, da coletividade, então precisa também entender como se dão as dinâmicas genéticas, neurológicas de cada grupo.

Os hiperrealistas estão constantemente interagindo com o mundo, suas mentes são não-filtradoras, que captam todas ou grande parte das informações e estímulos do seu ambiente.

As pessoas normais apresentam cérebros filtradores que captam as informações relevantes para as situações ou circunstâncias imediatas como também de longo prazo. Até mesmo a ideia inteira que é captada pela mente dos homens comuns, é fatiada, dividida, decantada até chegar perfeitamente acoplável à perspectiva de Matrix.

Esta realidade também acontece nas mutações de qualquer espécie de vida complexa, onde para alguns indivíduos, as interações são significativamente mais comuns, intensas e numerosas. Captar tudo o que acontece ao redor é exatamente como ver a realidade.

Os processos de mutação se dão por meio das seguintes etapas

infecção patogênica, o primeiro estágio de interação homem-”ambiente” ou microorganismos. Quase sempre resultará na luta entre os dois. Esta luta, na verdade, se consiste no combate entre os seus ”genes”, que são os seus microorganismos acumulados que produzem o seu corpo e todas as suas estruturas internas, contra os ”patógenos” de fora, que almejam substituir a organização do seu corpo.

Patogenia ou interação patogênica, o segundo estágio, quando o corpo está predisposto para interagir mas não para aceitar os patógenos de fora, os ”não-genes”.

Processos progressivos a nível de população, de decantação dos patógenos para que sejam transformados em ”genes”, tal como as vacinas.

Decantação ou harmonia dos patógenos com o corpo, o homem normal

As ideias seguem os mesmos princípios

Em sistemas corpo-mente muito doentes, a mesma inconsciência da Matrix da saúde, pode ser encontrada. Os extremos se parecem.

Em sistemas com ou em diferentes estágios ou níveis de interações, nota-se uma abertura destes, uma predisposição anterior, que produzirá esta dinâmica. Aquele que sente o mundo em sua plenitude, conseguirá vê-lo melhor do que aquele está protegido por sua harmonia pessoal. Este também estará inconsciente quanto à sua abertura. A ignorância é uma benção.

A Terra em sua juventude, era mais consciente do que acontecia ao seu redor do que agora, em que a atmosfera serve como protetora do infinito dos universos e suas complexas interações dos seus elementos.

A sabedoria dos velhos, é o fim da proteção do seu sistema imunológico, quando estas pessoas conseguem ver a sua própria deterioração. Este processo emula o que acontece com aqueles com cérebros não-filtradores e que precisam sempre encontrar meios para se auto-aperfeiçoar. Aquele que não é perfeito, valoriza mais a perfeição do aquele que a tem.

 

Por que o ser humano é especial??

 

A natureza funciona mediante um sistema de harmonia dualista, onde duas forças opostas coexistem. Na natureza, apesar da dualidade, se busca sempre a adaptação e a mesma se relaciona com a eliminação da não-adaptação ou doença contextual.

A espécie humana evoluiu de uma maneira em que, nas sociedades mais evoluídas, as cadeias altruístas também foram estendidas para os tipos ”não-contextualmente-adaptados”. Ao se aceitar a doença ou graus de doença, o ser humano deu início não só para a seleção de genes não-adaptados como também para o desenvolvimento de sua autoconsciência elevada.

 

A redução significativa do instinto humano e portanto de sua inconsciência teve como consequência a construção de métodos para a distração coletiva da realidade. Sabemos que para os mais ”acordados”, existem grandes chances de que o desespero bata na porta. Suicídio, depressão existencial e comportamentos extremos  é lugar comum para eles (e para mim também, felizmente).

 

O ser humano é o único ser que escolheu o desvio e o manteve dentro de sua população.  Animais doentes ou em estado de grave risco de vida, como quando estão sendo perseguidos por seus predadores, estão em estado de semi-animação autoconsciente.

Quando você sabe que vai morrer, você se torna mais autoconsciente.

 

Se é contraprodutivo tentar acordar as pessoas de sua santa ignorância geneticamente selecionada, então é importante encontrar meios para introduzir parte da narrativa da hiperrealidade dentro de suas respectivas narrativas coletivas de transcendência, onde a palavra DEUS terá uma predominância verbal significativa.

 

Não se pode desbaratar os meios milenares mais eficientes para manter as populações humanas unidas e organizadas. Mas se pode aperfeiçoá-lo, de fora para dentro.

 

Anúncios

About santoculto

Email ataudecinzento@gmail.com

4 responses to “O que é a hiperrealidade??”

  1. DIREITA says :

    off topic: alguém sabe porque se censura tanto no blog do MRX? pois ,em dois posts diferentes fiz dois comentarios totalmente igênuos e sem nenhuma pretensão de causar polêmica ,mas ele simplesmente não aceita. é surreal!
    Primeiro o corrigi,mostrando os detalhes faciais e tudo, por ele ter classificado como branca uma mestiça de origem hispânica. Em outro comentario , no post sob inteligencia asiatica ,eu simplemente discordei de uma passagem do texto ,e dei como exemplo o fato do numero de judeus premiados com o nobel terem aumentado absurdamente apos judeus se tornarem maioria ABSOLUTA no juri da mesma premiaçãol!

    • santoculto says :

      Eu não sabia disso sobre juri mas faz sentido. Bem, é aquela situação, tem um MONTE de gente inteligente por aí, estão escondidos apenas. E quando falo de gênios criativos, eu me refiro exclusivamente ou quase exclusivamente a brancos, porque a genética europeia é muito propensa ou era, para a produção desta excepcionalidade.

      Estou lendo The Men of Genius de Cesare Lombroso, um judeu italiano né.
      Interessante na parte sobre judeus, existem diferenças de ocupação significativa.
      Cesare ainda disse algo muito interessante sobre a razão para a quase inexistência de gênios de primeira grandeza entre os ashkenazim. O fato deles não terem ”homens de segunda ordem”. Em outras palavras, os judeus selecionaram um perfil cognitivo e psicológico de elite. O gênio não é produzido somente pelo cérebro, mas também pelo corpo. Metaforicamente falando claro. Os judeus só tem o cérebro. A incidência deles em profissões mais humildes como de agricultores ou de soldados, é praticamente nula.
      É também interessante notar a preponderância deles em profissões da mídia como cantores e atores. Há menos judeus nas artes plásticas como pintura e há mais, mas não tanto, entre poetas e muito mais entre filósofos e metafísicos.
      O que é surpreendentemente interessante é que Lombroso soltou que os judeus ashkenazim não são bons em matemática.

      É estranho mas faz sentido, partindo-se da maior inteligência verbal. Os judeus são bons em interpretar fatos, notícias e principalmente minúcias, detalhes. Talvez isto reverbere nas habilidades matemáticas, na parte de interpretação de textos.

      Quanto ao porquê do X de censurar os seus comentários, eu acho que vc deveria perguntar pra ele e não pra mim, mas não se ofenda, não é de minha intenção, apesar de estar parecendo grosseria.

      Bem, quando vc diz que tem mais judeus no juri, deve se basear em provas e mesmo assim, eles são em média mais inteligentes mesmo que os brancos, isso não se discute. O que se discute é, até onde esta preponderância é baseada na meritocracia.

      No mais, como eu disse antes, tem um monte de gênio escondido por aí que não está no lugar, na hora certa e mesmo, não tem a cabeça certa. A burocracia atrasa a fecundidade dos casais inteligentes e ainda impede que os gênios possam desenvolver suas ideias sem a lerdeza sequencial que se consiste a ”educação”.

      https://santoculto.wordpress.com/2014/06/24/a-principal-causa-para-a-baixa-fecundidade-dos-casais-inteligentes-a-burocracia/

      https://ia600306.us.archive.org/BookReader/BookReaderImages.php?zip=/13/items/manofgenius00lombuoft/manofgenius00lombuoft_jp2.zip&file=manofgenius00lombuoft_jp2/manofgenius00lombuoft_0166.jp2&scale=4&rotate=0

  2. DIREITA says :

    http://www.amren.com/news/2013/09/how-did-blonde-whites-arrive-in-peru-before-columbus/

    eu sempre achei estranha esta histora de civilizações nativas americanas,afinal como um povo tão primitivo poderia fazer algo do tipo?
    De fato,mesmo os incas,astecaz e mais possuem lendas que contam como homens altos,brancos e com cabelos de fogo vieram alem do mar para criar suas respctivas civilizações!

    obs:Isto tambem censurado no MRX(aposto que se eu afirmasse que estes forasteiros eram judeus ele aceitava o comentario)

  3. santoculto says :

    Acho que foi off topic de novo, por isso ele censurou.
    Tem um post meu sobre neandertais. Caberia melhor esta notícia mas enfim.

    Pelo que parece, apareceram os brancos, se misturaram com a elite e produziram essas civilizações. Interessante notar que sempre tem uma pirâmide, em todas as civilizações do Oriente médio, Europa e sim, nas Américas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

De:RefémdoDrDeus Para:Deprimente mundo Assunto:Denúncia de maus-tratos a pensadores

...e Deus criou a Ângela,desapontado com a nossa Eva.Apresento-vos o meu "disco rígido" ...

renanbarreto88

Just another WordPress.com site

Castro456's Blog

O medo do nada

Delusions of Adequacy

And You Thought You Might Have Had Delusions of Grandeur

PARTO DE IDÉIAS

"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância." Sócrates.

Pshelinha

Um pouco de mim..

Pensar Novo

"Saber que você precisa mudar não é suficiente. Você precisa ter a coragem de fazer esta mudança." Robert Kyosaki

Mind Hacks

Neuroscience and psychology news and views.

Inside Perspectives

of Asperger Syndrome and the Neurodiversity Spectrum

Agoraphobia Subliminal Hypnosis

Come out of the woods, the dark, come into the light. As a recovered agoraphobic, I've designed these audios over many years in order to help you. Charles K. Bunch, Ph.D.

Antimidia

Textos sem sentido, para leituras sem atenção, direcionados às pessoas sem nada para fazer.

%d blogueiros gostam disto: