Neotenia e feminização do homem e por que os homens asiáticos não são mais femininos que o resto da humanidade…

 

Imagem

 

Neotenia e a feminização do homem

Fêmeas, no geral, são naturalmente mais neotênicas que os machos, especialmente em termos comportamentais. A neotenia, pelo que percebi, mais parece um embaralhamento, uma mistura de traços sexuais entre os gêneros e especialmente em relação aos homens, um processo de ”estrogenização masculina”, em que os traços ”femininos” são passados para os homens, de geração em geração. É tarefa do macho para muitas espécies, em proteger a cria, enquanto que é papel da fêmea em prover a alimentação e o desenvolvimento da mesma, claro, em algumas espécies, mas não em todas. Como resultado, em espécies sexualmente dimórficas como é (e muito provavelmente sempre foi) atualmente a espécie humana, a melhor maneira de domesticar e portanto neotenizar uma população, será por meio da estrogenização e pseudo-castração masculina, tornando o homem menos arisco e protetor de suas fêmeas, que já são mais neotênicas. A partir do momento em que, de geração em geração, o homem vai sendo destituído do seu extinto, ele começa imediatamente a se tornar mais feminino. Da mesma maneira que os olhos claros ou a pele clara, a encefalização , típico traço neotênico e feminino, também a psicologia comportamental feminina, vai sendo transmitida para o homem, resultando na redução da hierarquia patriarcal e do seu instinto, que como resultado, dá início a uma maior cooperação com o sexo oposto, até o ponto em que ambos se encontrarão misturados. Em suma, o produto final da neotenia é semelhante ao sexo dos anjos, andrógino, sem marcadores de gênero, bissexual. As pesquisas que estudam a sexualidade infantil tem encontrado um universo de curiosidade e de práticas ambíguas, para recreação. Se as mulheres são muito mais neotênicas, seria interessante pensar que se o fato de que uma boa parte delas sejam de bissexuais, isso poderia nos explicar alguns dos efeitos da neotenia.

Imagem

 

Homem asiático, neotenia e sexualidade

 

Em termos físicos o processo de androginia (física) nas raças amarelas é significativo. Homens orientais são, não só mediante o estereótipo ruidoso, os machos humanos com as menores médias de tamanho do órgão genital. Por uma questão de estilo histórico e contextual de alimentação, mas especialmente por tendências genéticas, eles também tendem a ser menores em altura e menos musculosos do que boa parte de suas contrapartes ocidentais e africanas.
Com a adoção da sociedade japonesa por uma boa parte do estilo de vida ocidental moderno e por conseguinte, competitivo, a incidência de assexualidade e ou práticas recreativas atingiu proporções significativas bem como também já existe uma tendência nipônica (neotênica) de rejeitar o sexo mediante impulso primário. Os homens orientais se comportam de maneira semelhante às mulheres brancas, em que o sexo não é tão importante na vida e onde as circunstâncias podem torná-los aptos para adotar comportamentos sexuais anormativos e portanto recreativos, especialmente no primeiro grupo, como um jeito de aliviar os desejos sexuais.
A redução do desejo sexual se relaciona quase que diretamente com a redução pelo desejo de procriar, este que se faz nas sociedades asiáticas tradicionais, como uma norma cultural milenar e não por simples instinto animal.
Os homossexuais se caracterizam por dois tipos muito específicos e distintos, o primeiro é composto pelos afeminados, o grupo neotênico por primazia, enquanto que o segundo é composto por ”super-machos”, o grupo atávico. Ambos representam a distribuição natural da sexualidade humana, um extremo dela. São semelhantes em predisposições sexual-comportamentais mas são opostos em termos temporais. Existem os tipos mistos, mas é importante ter em mente essa diferenciação física e biológica dos dois tipos mais agudos.
Apesar de serem muito avançados no processo de neotenia, os asiáticos em boa parte por causa de suas culturas, tem produzido uma organização social patriarcal e predominantemente heterossexual, visto que a redução do dimorfismo sexual não atingiu ao ponto de mistura e posterior eliminação dos gêneros. O estilo patriarcal se sustentou nestas sociedades, primeiro, porque as mulheres asiáticas são ainda mais dóceis que os seus homens e segundo, que o cruzamento dos traços sexuais não atingiu o ponto de extrema paridade sexual em que homens e mulheres se tornam muito mais próximos biologicamente falando.
No entanto, para que esta próxima etapa da neotenia se concretize, não restará pouco para os asiáticos, visto que boa parte das transformações físicas já foram efetuadas. Nos próximos anos, com o provável processo de envelhecimento demográfico bem como (e especialmente) o aumento da liberdade individual nestas sociedades, poderemos concluir se os códigos culturais asiáticos de comportamento realmente tem tido um grande impacto na sexualidade destas populações, partindo da ideia que os caucasianos europeus até muito pouco tempo atrás eram predominantemente ”heterossexuais” e patriarcais. Sabe-se que as culturas asiáticas apresentam várias características sociais neotênicas como a cooperação e o comportamento taciturno e cortês entre as pessoas, justamente, um subproduto da cooperação.

Anúncios

About santoculto

Email ataudecinzento@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

De:RefémdoDrDeus Para:Deprimente mundo Assunto:Denúncia de maus-tratos a pensadores

...e Deus criou a Ângela,desapontado com a nossa Eva.Apresento-vos o meu "disco rígido" ...

renanbarreto88

Just another WordPress.com site

Castro456's Blog

O medo do nada

Delusions of Adequacy

And You Thought You Might Have Had Delusions of Grandeur

PARTO DE IDÉIAS

"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância." Sócrates.

Pshelinha

Um pouco de mim..

Pensar Novo

"Saber que você precisa mudar não é suficiente. Você precisa ter a coragem de fazer esta mudança." Robert Kyosaki

Mind Hacks

Neuroscience and psychology news and views.

Inside Perspectives

of Asperger Syndrome and the Neurodiversity Spectrum

Agoraphobia Subliminal Hypnosis

Come out of the woods, the dark, come into the light. As a recovered agoraphobic, I've designed these audios over many years in order to help you. Charles K. Bunch, Ph.D.

Antimidia

Textos sem sentido, para leituras sem atenção, direcionados às pessoas sem nada para fazer.

%d blogueiros gostam disto: